Interação universidade - Empresa, inovação e desenvolvimento local:

Autores

  • Maria Fátima Santos Diniz Universidade de Fortaleza
  • Ronise Suzuki Oliveira Universidade de Fortaleza
  • Dnilson Carlos Dias Universidade de Fortaleza

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.10.1.%25p

Resumo

Com as mudanças em curso no sistema produtivo global, mecanismos de interação universidade-empresa (U-E), tais como, as incubadoras de empresas de base tecnológica, têm despertado cada vez mais o interesse de governos, acadêmicos, empresários e formuladores de políticas, tanto dos países desenvolvidos quanto dos países em via de desenvolvimento, como estratégia de inovação para as Micro e Pequenas Empresas - MPEs, o fortalecimento das universidades e, particularmente, como instrumento de políticas de promoção de desenvolvimento local e regional. O objetivo deste trabalho é o de investigar o papel da incubadora de empresas CENTEV/UFV, no apoio à criação e desenvolvimento de empresas de base tecnológica, a partir de pesquisas científicas e tecnológicas desenvolvidas na UFV, que tenham potencial de mercado e na promoção do desenvolvimento local. O trabalho identificou que a incubadora tem sido bem sucedida no processo de interação Universidade Empresa e que também se mostrou potencialmente capaz de atuar na promoção do desenvolvimento local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fátima Santos Diniz, Universidade de Fortaleza

Profª do Departamento de Economia da UFV e consultora em gestão tecnológica do CENTEV/UFV – Universidade Federal de Viçosa, Av. P. H. Rolfs, s/n, CEP 36570-000, Viçosa-MG,

Ronise Suzuki Oliveira, Universidade de Fortaleza

Bacharel em Economia e bolsista do CNPq

Dnilson Carlos Dias, Universidade de Fortaleza

Bacharel em Economia e bolsista do CNPq

Downloads

Como Citar

DINIZ, M. F. S.; OLIVEIRA, R. S.; DIAS, D. C. Interação universidade - Empresa, inovação e desenvolvimento local:. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 10, n. 1, 2009. DOI: 10.5020/2318-0722.10.1.%p. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/226. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos