A Virada na Vida de uma Executiva: Caso para Ensino sobre Carreira, Maternidade e o Fenômeno Opt-Out

TEACHING CASE ABOUT CAREER, MATERNITY AND OPT-OUT PHENOMENON

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2022.28.e12460

Palavras-chave:

Fenômeno Opt-Out, Maternidade e Carreira, Empreendedorismo, Caso para Ensino

Resumo

Este caso para ensino propõe aos alunos a reflexão sobre o fenômeno opt-out, que pode ocorrer na carreira das mulheres, principalmente após a maternidade. Apresenta-se também as dificuldades e desafios enfrentados pelas mulheres executivas relacionadas à carreira e maternidade. O caso para ensino aborda a história real de Gabriela, que abandonou a carreira de executiva em prol do cuidado dos filhos pequenos, trazendo a sua trajetória pessoal e profissional antes e após a maternidade, a escolha pelo fenômeno opt-out e as novas possibilidades de carreira. As situações relatadas são reais e foram obtidas através de entrevistas em profundidade de história de vida com a ex-executiva. As notas de ensino trazem recomendações de questões a serem discutidas em sala de aula. Este caso para ensino foi desenvolvido para disciplinas de gestão de pessoas e gestão da diversidade para os cursos de graduação e pós-graduação em Administração.

Biografia do Autor

Sally Joyce Reis, Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)

Mestre em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Atualmente é Gerente de Carreira, Desenvolvimento e Aprendizagem.

Carolina Maria Mota-Santos, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)

Psicóloga e Doutora em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Professora do Programa de Pós-Graduação em Administração da PUC Minas e professora da FAPSI.

Marcella Barbosa Miranda Teixeira, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas)

Mestre no Programa de Pós-Graduação em Administração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG). Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Administração da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas).

Referências

Almeida, T. S. (2012). As executivas entre a carreira e a vida pessoal [Dissertação de mestrado, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais]. PUC Minas: Biblioteca. Link

Belkin, L. (2003, October 26). The Opt-Out Revolution (Published 2003). The New York Times. Link

Beltrame, G. R., & Donelli, T. M. S. (2012). Maternidade e carreira: desafios frente à conciliação de papéis. Aletheia, 38-39, 206-217. DOI: 10.29327/226091

Ceribeli, H. B., & Silva, E. R. (2017). Interrupção Voluntária da Carreira em Prol da Maternidade. Revista Pensamento Contemporâneo Em Administração, 11(5), 116-139. DOI: 10.12712/rpca.v11i2.841

Detlinger, J. (2019, March 22). Chegou a hora: vamos falar sobre empreendedorismo materno? Pais & Filhos. Link

Dias Júnior, C. S., & Verona, A. P. (2016). Maternidade e trabalho: algumas reflexões sobre mulheres em ocupações de nível superior. Revista Brasileira de Sociologia - RBS, 4(7), 111-134. DOI: 10.20336/rbs.152

Dourado, C. S. V. (2017). Empreendedorismo materno: a importância do comércio eletrônico na viabilidade de novos negócios gestados por mães [Dissertação de mestrado, Universidade Federal da Bahia]. UFBA: Repositório Institucional. Link

Ferreira, G. F., Bastos, S. A. P., & d’Angelo, M. J. (2018). A look at women’s transition from labor to self-employment based on endogenous stimuli. Revista de Administração Mackenzie, 19(2), 1-26. DOI: 10.1590/1678-6971/eramg180086

Mainiero, L. A, & Sullivan, S. E. (2006). The Opt-out Revolt: Why People Are Leaving Companies to Create Kaleidoscope Careers. Davies-Black.

Queiroz, J. D. F. A., Ribeiro, D. N., & Alves, D. A. (2016). Empreendedorismo Feminino: Estudo de caso das características e especificidades das mulheres empreendedoras mineiras da cidade de Iturama-MG. Organizações e Sociedade, 5(4), 52-64.

Santos, C. M. M. (2012). As mulheres brasileiras: do espaço privado da casa para as posições executivas nas organizações brasileiras [Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais]. PUC Minas: Biblioteca. Link

Bibliografia Sugerida

Almeida, V. C. de, & Santos, C. M. M. (2018). Trabalho, Carreira e Maternidade: Perspectivas e Dilemas de Mulheres Profissionais Contemporâneas. Administração: Ensino E Pesquisa, 19(3), 583-605. DOI: 10.13058/raep.2018.v19n3.1119

Alperstedt, G. D., Ferreira, J. B., & Serafim, M. C. (2014). Empreendedorismo Feminino: dificuldades relatadas em histórias de vida. Revista de Ciências Da Administração, 16(40). DOI: 10.5007/2175-8077.2014v16n40p221

Bächmann, A.-C., & Gatermann, D. (2017). The duration of family-related employment interruptions – the role of occupational characteristics. Journal for Labour Market Research, 50(1), 143-160. DOI: 10.1007/s12651-017-0226-4

Carvalho Neto, A., Tanure, B., & Mota-Santos, C. (2014). Pride and prejudice beyond the glass ceiling: Brazilian female executives psychological type. Revista de Ciências Da Administração, 16(39), 210-223. DOI: 10.5007/2175-8077.2014v16n39p210

Canabarro, J. R. dos S., & Salvagni, J. (2015). Mulheres líderes: as desigualdades de gênero, carreira e família nas organizações de trabalho. Revista de Gestão e Secretariado, 6(2), 88-110. DOI: 10.7769/gesec.v6i2.347

Harman, C., & Sealy, R. (2017). Opt-in or opt-out: exploring how women construe their ambition at early career stages. Career Development International, 22(4), 372-398. DOI: 10.1108/cdi-08-2016-0137

Mota-Santos, C. M., & Carvalho Neto, A. M. (2017). O papel da família na trajetória profissional de mulheres executivas e empreendedoras.Revista Alcance, 24(1), 36. DOI: 10.14210/alcance.v24n1.p036-049

Socratous, M., Galloway, L., & Kamenou-Aigbekaen, N. (2016). Motherhood: an impediment to workplace progression? The case of Cyprus. Equality, Diversity and Inclusion: An International Journal, 35(5/6), 364-382. DOI: 10.1108/edi-02-2016-0019

Downloads

Publicado

22.10.2022

Como Citar

REIS, S. J.; MOTA-SANTOS, C. M.; TEIXEIRA, M. B. M. A Virada na Vida de uma Executiva: Caso para Ensino sobre Carreira, Maternidade e o Fenômeno Opt-Out: TEACHING CASE ABOUT CAREER, MATERNITY AND OPT-OUT PHENOMENON. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 28, p. e12460, 2022. DOI: 10.5020/2318-0722.2022.28.e12460. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/12460. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Casos para Ensino