Os Antecedentes da Intenção de Compra em E-Commerce: Uma Análise da Qualidade Percebida, da Atitude de Compra e da Satisfação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2022.28.e10735

Palavras-chave:

E-commerce. Atitude de Compra. Satisfação. Intenção de Compra.

Resumo

Analisou-se a influência da qualidade percebida, da atitude de compra e da satisfação na intenção de compra, mediante uma survey, aplicada a 350 consumidores, por meio da técnica PLS-SEM. Tem-se que a satisfação influenciou positivamente na intenção de compra, não sendo possível corroborar a relação direta entre qualidade percebida e intenção de compra. Este último resultado aponta para novas possibilidades de estudo, envolvendo uma possível mediação do construto atitude de compra. A qualidade percebida influenciou na atitude de compra e na satisfação. Notou-se, também, que a atitude de compra influenciou na satisfação. Como contribuição, tem-se uma compreensão ampla do comportamento do consumidor em compras online, em pequenos municípios, uma vez que a quantidade reduzida de lojas leva os consumidores a buscarem melhores opções de compras no e-commerce. Metodologicamente esse estudo contribui pela utilização de uma abordagem pouca empregada na proposição de modelos que envolvam os antecedentes de e-commerce.

Biografia do Autor

Iraci da Costa Lopes, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Graduação em Administração pela Universidade Federal do Piauí - UFPI

Alexandre Rabêlo Neto, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Doutorado em Administração de Empresas na Universidade de Fortaleza - UNIFOR, Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR, Especialista em Gestão de Pessoas pelo Centro Unificado de Ensino de Teresina - CEUT, Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI.

João Carlos Hipólito Bernardes do Nascimento, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Doutorado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Eulálio Gomes Campelo Filho, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Doutor em Engenharia de Negócios (Administração) pela Universidade de Karlsruhe/Alemanha (2009). Atualmente é professor Associado I da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Coordenador do Mestrado Profissional em Administração Pública PROFIAP/UFPI.

Referências

ALBERTIN, L. A. Comércio eletrônico: Modelo, aspectos e contribuições de sua aplicação. São Paulo: Atlas, 2000. 2. ed.

ANDERSON, E. W. et al. Customer satisfaction, market share and profitability. Journal of Marketing, v. 58, p. 53-66, 1994.

BAI, B.; LAW, R.; WEN, I. The impact of website quality on customer satisfaction and purchase intentions: Evidence from Chinese online visitors. International journal of hospitality management, v. 27, n. 3, p. 391-402, 2008.

BHATNAGAR, A.; MISRA, S.; RAO, H. R. On risk, convenience, and Internet shopping behavior. Communications of the ACM, v. 43, n. 11, p. 98-105, 2000.

BAGOZZI, R. P.; BURNKRANT, R. E. Attitude Organization and the Attitude-Behavior Relationship. Journal of Personality and Social Psychology, v. 37, n. 6, p. 913-29, 1979.

BRAMBILLA, F. R.; GUSATTI, C. E. A Influência da Sinalização de Websites na Qualidade Percebida e Intenção de Compra em Serviços na Internet. Revista Capital Científico - Eletrônica, v. 15, n. 3, p. 73-89, 2017.

CASTELO, J. S. F.; CABRAL, J. E. O. Consumidores em Rede Social: A Percepção da Qualidade do Vestuário por Gênero. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 20, n. 1, p. 22-36, 2018.2018.

CARDOSO, F. A. R. Análise da qualidade no setor de serviços segundo o método de avaliação Servqual. Curitiba.186 f. Dissertação (Mestrdao em Ciências) Setor Ciências Exatas e de Tecnologia, Universidade federal do Paraná, 2004.

CAMLOT, S. A intenção de compra do consumidor online, do Rio de Janeiro, na aquisição de viagens turísticas. 99 f. Dissertação (mestrado em Administração) –

Universidade do Grande Rio. Rio de Janeiro, 2014.

CARO, A. et al. Inovatividade, envolvimento, atitude e experiência na adoção da compra on-line. RAE-Revista de Administração de Empresas, v. 51, n. 6, p. 568-584, 2011.

CERIBELI, H. B.; INÁCIO, R. O.; FELIPE, I. J. D. S. Um Estudo dos Determinantes da Decisão dos E-consumidores de Comprarem no Comércio Eletrônico. Revista Gestão & Tecnologia, v. 15, n. 1, p. 174-199, 2015.

COBRA, M. Administração de Marketing no Brasil.1. ed. Rio de janeiro: Elsevier, 2015.

COELHO, L. S.; OLIVEIRA, R. C.; ALMÉRI, T. M. O crescimento do e-commerce e os problemas que o acompanham: a identificação da oportunidade de melhoria em uma rede de comercio eletrônico na visão do cliente. Revista de Administração do UNISAL, v. 3, n. 3, 2013.

CHUNG, Hwiman; ZHAO, Xinshu. Humour effect on memory and attitude: moderating role of product involvement. International Journal of Advertising, v. 22, n. 1, p. 117-144, 2003.

DILLON, T. W.; REIF, H. L. Factors Influencing Consumers' E-Commerce Commodity Purchases. Information Technology, Learning & Performance Journal, v. 22, n. 2, 2004.

EBIT (2017). Relatório 360º do e-commerce. 36ª edição WebShoppers. Disponível em: <https://www.ebit.com.br/webshoppers>. Acesso em 10 set. 2017.

ECKERT, A.; BÓ, G. D.; MILAN, G. S.; EBERLE, L. E-Commerce: Privacidade, Segurança e Qualidade das Informações como Preditores da Confiança. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, v. 11, n. 5, p. 49-69, 2017.

ENGEL, J.; BLACKWELL, R.; MINARD, P. W. Comportamento do consumidor. Porto Alegre: LTC, 2000.

FORNELL, C. National and corporate customer satisfaction indexes. A presentation at the, 1991.

FUOCO, T.Guia valor econômico de comércio. São Paulo: Globo, 2003.

GRÖNROOS, C. Marketing, Gerenciamento e Serviços: a competição por serviços na hora da verdade. Rio de Janeiro, Campos, 1995.

GROH, C. A. A confiança e a satisfação como mediadoras no varejo multicanal. 118 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2011.

HAIR, J. J. F. BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E.; TATHAM R. L. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

HAIR, J.F.; HULT, T.M.; RINGLE, C.M.; SARSTEDT, M. A Primer on Partial Least

Squares Structural Equation Modeling (PLS-SEM). Los Angeles: SAGE, 2014.

KARTZ, D. A abordagem funcional para o estudo de atitudes. The Public Opinion Quarterly, v.24, n. 2, p. 163-204, 1960

KIM, M. J.; CHUNG, N.; LEE, C. K. O efeito da confiança percebida no comércio eletrônico: compras online de produtos e serviços turísticos na Coréia do Sul. Gestão de Turismo, v. 32, n. 2, p. 256-265, 2011.

KIRMANI, A.; RAO, A. R. No pain, no gain: A critical review of the literature on signaling unobservable product quality. Journal of marketing, v. 64, n. 2, p. 66-79, 2000.

JUSOH, Z. M.; LING, G. H. Factors influencing consumers’ attitude towards e-commerce purchases through online shopping. International Journal of Humanities and Social Science, v. 2, n. 4, p. 223-230, 2012.

LEE, B. C. Y. Consumer attitude toward virtual stores and its correlates. Journal of Retailing and Consumer services, v. 14, n. 3, p. 182-191, 2007.

MARTIN, C. O futuro da Internet, Tradução Ruth Gabriela Bahr – São Paulo:

Makron Books, 1999.

MARCHETTI, R.; PRADO, P. HM. Um tour pelas medidas de satisfação do consumidor. Revista de administração de empresas, v. 41, n. 4, p. 56-67, 2001.

MORAES, M. A. Comércio eletrônico: uma análise da qualidade, satisfação e intenções comportamentais dos consumidores de supermercados virtuais de minas gerais. 139 f. Dissertação (Mestrado em Marketing e Administração Estratégica) – UFMG, CEPEAD, Belo Horizonte, 2002.

MITTAL, V.; KAMAKURA, W. A. Satisfaction, repurchase intent, and repurchase behavior: Investigating the moderating effect of customer characteristics. Journal of marketing research, v. 38, n. 1, p. 131-142, 2001.

NASCIMENTO, R. M. E-commerce no Brasil: perfil do mercado e do e-consumidor brasileiro. (Tese de Doutorado em Adminisração pública).FGV. 2011.

OLIVEIRA, M. C. Efeitos da recomendação online no comportamento do consumidor: um estudo envolvendo confiança, satisfação, recomendação e intenção de compra. 2013. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

OLIVER, R. L. Cognitive, affective, and attribute bases of the satisfaction response. Journal of consumer research, v. 20, n. 3, p. 418-430, 1993.

OREL, F. D.; KARA, A. Supermarket self-checkout service quality, customer satisfaction, and loyalty: Empirical evidence from an emerging market. Journal of Retailing and Consumer Services, v. 21, n. 2, p. 118-129, 2014.

PAVLOU, P. A. Consumer acceptance of electronic commerce: Integrating trust and risk with the technology acceptance model. International journal of electronic commerce, v. 7, n. 3, p. 101-134, 2003.

PARASURAMAN, A.; ZEITHAML, V. A.; MALHOTRA, A. ES-QUAL: A multiple-item scale for assessing electronic service quality. Journal of service research, v. 7, n. 3, p. 213-233, 2005.

PONT, M.; MCQUILKEN, L. An empirical investigation of customer satisfaction and loyalty across two divergent bank segments. Journal of Financial Services Marketing, v. 9, n. 4, p. 344-359, 2005.

RANAWEERA, C.; BANSAL, H.; MCDOUGALL, G. Web site satisfaction and purchase intentions: Impact of personality characteristics during initial web site visit. Managing Service Quality: An International Journal, v. 18, n. 4, p. 329-348, 2008.

SARAIVA, C. M. Metodologia de Pesquisa de Satisfação do Consumidor: estudo do mercado de Belo Horizonte. 145f. Dissertação (mestrado em Engenharia da Produção da) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, 2002.

SOUZA, E. L. Modelos aditivos generalizados para a avaliação da intenção de compra de consumidores. 169 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal da Paraí¬ba, João Pessoa, 2012.

SOLOMON, M. R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Bookman, 2002.

SOARES, M. C. G.; SOUSA, C. V. COMÉRCIO ELETRÔNICO: Motivações e hábitos de consumo. Revista Reunir, v. 8, n. 1, p. 19-35, 2018.

YANG, Z.; JUN, M.; PETERSON, R. T. Measuring customer perceived online service quality: scale development and managerial implications. International Journal of Operations & Production Management, v. 24, n. 11, p. 1149-1174, 2004.

YOO, B.; DONTHU, N. Developing a scale to measure the perceived quality of an Internet shopping site (SITEQUAL). Quarterly journal of electronic commerce, v. 2, n. 1, p. 31-45, 2001

WELLS, John D.; VALACICH, Joseph S.; HESS, Traci J. What signal are you sending? How website quality influences perceptions of product quality and purchase intentions. MIS quarterly, p. 373-396, 2011.

Downloads

Publicado

25.08.2022

Como Citar

LOPES, I. da C.; NETO, A. R.; DO NASCIMENTO, J. C. H. B.; CAMPELO FILHO, E. G. Os Antecedentes da Intenção de Compra em E-Commerce: Uma Análise da Qualidade Percebida, da Atitude de Compra e da Satisfação. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 28, p. e10735, 2022. DOI: 10.5020/2318-0722.2022.28.e10735. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/10735. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos