Impacto dos Gastos Públicos com Educação e Saúde no Crescimento Econômico dos Estados Brasileiros

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2021.27.2.10040

Palavras-chave:

Crescimento Econômico. Brasil. GMM. Regressão Quantílica. Gastos Públicos.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo medir o impacto dos gastos públicos nas áreas de educação e saúde no crescimento econômico dos estados brasileiros, para o período de 1991 a 2012, período escolhido pela disponibilidade de dados e que apresenta o parâmetro da revisão de literatura abordada. Utilizaram-se três métodos distintos para captar essa análise: primeiro utilizando efeitos fixos e aleatórios, segundamente fez-se uso das técnicas econométricas de regressões quantílicas para dados em painel e, por último, o Método dos Momentos Generalizados, desenvolvido por Blundell-Bond (1998). Os resultados mostraram que, para todas as três metodologias utilizadas no estudo, tanto os gastos com educação, quanto os gastos com saúde impactam positivamente, mesmo que de forma tímida, no crescimento econômico.

Biografia do Autor

Francisco José Silva Tabosa, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Economista. Dr. Professor do Programa de Pós Graduação em Economia Rural da Universidade Federal do Ceará (PPGER/UFC). Bolsista produtividade do CNPq.

Pablo Urano Carvalho Castelar, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Professor do Curso de Finanças da Universidade Federal do Ceará (FEAAC-UFC), Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Ceará (CAEN-UFC).

Referências

ABU-BADER, S.; ABU-QARN, A. S. Government expenditu-res, military spending, and economic growth: causality evidence from Egypt, Israel, and Syria. Journal of Policy Modeling, [S. l.], v. 25, n. 6, p. 567-583, 2003.

AHN, S. C.; SCHIMDT, P. Efficient estimation of models for dynamic panel data. Journal of Econometrics, [S. l.], v. 68, p. 5-28, 1995.

ALSHAHRANI, S. A.; ALSADIQ, A. J. Economic growth and government spending in Saudi Arabia: an empirical investigation. Washington: IMF Working Paper. 2014.

ARAÚJO, J. A.; MONTEIRO, V. B.; MORAIS, G. S. Gastos públicos e crescimento econômico: evidências da economia cearense. In: ENCONTRO – ECONOMIA DO CEARÁ EM DEBATE, 8., 2012, Fortaleza. Anais […]. Fortaleza: IPECE, 2012, 20p. Disponível em: Link. Acesso em: 22 jun. 2018.

ARELLANO, M.; BOND, S. Some tests of specification for panel data: Monte Carlo evidence and an application to employment equations. The Review of Economic Studies, [S. l.], v. 58, n. 2, p. 277-297, 1991.

ARELLANO, M.; BOVER, O. Another look at the instrumental-variable estimation of error components model. Journal of Econometrics, [S. l.], v. 68, p. 29-52, 1995.

ASCHAUER, D. Is public expenditure productive? Journal of Monetary Economics, [S. l.], v. 23, p. 177-200,1989.

AURANGZEB. Relationship between health expenditure and GDP in an augmented solow growth model for Pakistan: an application of co-integration and error-correction modeling. Lahore Journal of Economics, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 1-16, Jul./Dec. 2003.

AYUBA, A. J. The relationship between public social expenditure and economic growth in Nigeria: an empirical analysis. International Journal of Finance and Accounting, [S. l.], v. 3, n. 3, p. 185-191, 2014.

BAKARE A. S.; OLUBOKUN, Sanmi, Health care expenditure and economic growth in Nigeria: an empirical study. Journal of Emerging Trends in Economics and Management Sciences, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 83-87. 2011.

BALDACCI, E.; CLEMENTS, B.; GUPTA, S.; CUI, Q. Social spending, human capital, and growth in developing countries. World Development, [S. l.], v. 36, n. 8, p. 1317-1341, 2008.

BARRO, R. J. Government spending in a simple model of endogenous growth. Journal of Political Economy, [S. l.], v. 98, p. 103-125, 1990.

BARRO, R. J. Economic growth in a cross-section of countries. The Quarterly Journal of Economics, [S. l.], v. 106, p. 407-444, 1991.

BARBOSA, W. F. ; SOUSA, E. P. Eficiência técnica e de escala do Sistema Único de Saúde nos municípios do Nordeste brasileiro. Revista Econômica do Nordeste, [S. l.], v. 46, p. 99-113, 2015.

BARRO, R. J.; SALA-I-MARTIN, X. Economic Growth. Nova York: McGraw, 1995.

BEDIR, S. Healthcare expenditure and economic growth in developing countries. Advances in Economics and Business, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 76-86, 2016.

BEZERRA, E. P.; DIWAN, J. R. Uso de DEA como alternativa ao IDH na mensuração do desenvolvimento humano nos maiores municípios brasileiros. Trabalho de Conclusão de Curso. (Bacharelado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2001.

BLUNDELL, R.; BOND, S. Initial conditions and moment restrictions in dynamic panel data models. Journal of Econometrics, [S. l.], v. 87, p. 115–143, 1998.

BOGONI, N. M.; BEUREN, I. M.; HEIN, N. Análise da relação entre crescimento econômico e gastos públicos nas maiores cidades da região Sul do Brasil. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 45, n. 1, p. 159-179, jan./fev. 2011.

BLOOM, D. E.; CANNING, D.; SEVILLA, J. The effect of health on economic growth: a production function approach. World Development, [S. l.], v. 32, n. 1, p. 1-13, 2004.

BOUSSALEM, F.; BOUSSALEN, Z.; TAIBA, A. The relationship between public spending on health and economic growth in algeria: testing for co-integration and causality. International Journal of Business and Management, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 25-39, 2014.

BRUNET, J. F. G.; BORGES, C. B.; BERTÊ, A. M. A.; BUSSATO, L. M. Estados comparados por funções do orçamento – uma avaliação da eficiência e efetividade dos gastos públicos estaduais. Porto Alegre: [s. n.], 2006.

BUCHNANAN, J. Rent-seeking and profit-seeking. In: Tollison, Robert D.; TULLOCKS, Gordon (ed.). Toward a theory of the rent-seeking society. Texas: Texas A&M University Press. 1980. p. 3-15.

CAMPODONICO, J. F. B.; CASSINELLI, J. R. P.; MESONES, J. A. The impact of public expenditures in education, health, and infrastructure on economic growth and income distribution in Peru. Lima: PredicePeru, 2014. (IDB Working Paper Series, 490).

CÂNDIDO JR., J. Os gastos públicos no Brasil são produtivos? Brasília: IPEA, 2001. (Texto para Discussão, 781).

CHURCHILL, S. A.; YEW, S. L.; UGUR, M. Effects of government education and health expenditures on economic growth: a meta-analysis. [S. l.]: GPERC21, 2015.

COLE, M.; NEYMAYER, E. The impact of poor health on total factor productivity. Journal of Development Studies, [S. l.], v. 42, n. 6, p. 918-938. 2006.

DEVERAJAN, S.; SWAROOP, V.; ZOU, H.-F. The composition of public expenditure and economic growth. Journal of Monetary Economics, [S. l.], v. 37, n. 2, p. 313-344,1996. DEVLIN, N.; HANSEN, P. Health care spending and economic output: granger causality. applied economics letters, [S. l.], v. 8, p. 561-564, 2001.

EGGOH, J.; HOUEINVO, H.; SOSSOU, G. A. Education, health and economic growth in African countries. Journal of Economic Development, [S. l.], v. 40, n. 1. p. 93-111, 2015.

FARIA, F. P. Gastos sociais e condições de vida nos municípios fluminenses: uma avaliação através da análise envoltória de dados. 2005. Dissertação (Mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais) - Escola Nacional de Ciências Estatísticas, Rio de Janeiro, 2005.

GERARDO, J. C. Política fiscal e sustentabilidade do crescimento. [S. l.: s. n.], 2010.

GLOMM, G.; RAVIKUMAR, B. Public versus private investment in human capital: endogenous growth and income inequality. The Journal of Political Economy, [S. l.], v. 100, n. 4 p. 818-834, 1992.

GREENE, W. H. Econometric analysis. New Jersey: Prentice Hall, 2000.

GROSSMAN, M. On the concept of health capital and the demand for health. Journal of Political Economy, [S. l.], v. 80, n. 2, p. 223-255.1972.

KAMBIZ, PEYKARJOU et al. Studying the relationship between health and economic growth in OIC member states. Interdisciplinary Journal of Contemporary Research in Business. v. 3, n. 8. p. 1041-1054, 2011.

KEYNES, J. M. The general theory of employment, interest and money. United Kingdom: Palgrave McMillan, 1936.

LACHEHEB, M.; MED NOR, N.; BALOCH, I. Health expenditure, education and economic growth in MENA countries. Germany: University Library of Munich, 2014.

LILLARD, L.; WEISS, Y. Uncertain health and survival: effects on end-of-life consumption. Journal of Business & Economic Statistics, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 254-68, 1997.

LUSTIG, N. Investing in health for economic development: the case of Mexico. Finland: World Institute for Development Economic Research, 2006.

MAITA, B.; MUKHOPADHYAY. C. K. Public spending on education, health care and economic growth in selected countries of Asia and the Pacific. Asia-Pacific Development Journal, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 19-48, Dec. 2012.

MARINHO, A. Avaliação da eficiência técnica nos serviços de saúde dos municípios do estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IPEA, 2001. (Texto para discussão, 842).

MARQUES JR, L. S.; OLIVEIRA, C. A.; JACINTO, P. da A. O papel da política fiscal local no crescimento econômico de cidades: uma evidência empírica para o Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 34., 2006. Salvador. Anais […]. Salvador: ANPEC, 2006. p. 1-20.

OLIVEIRA, C. A. de; LIMA, F. S. de. Impacto do crescimento, da concentração de renda e das transferências governamentais sobre a pobreza nos municípios brasileiros. Análise Econômica. Porto Alegre, ano 28, n. 53, p. 159-180, 2010.

ONI, L. B. Analysis of the growth impact of health expenditure in Nigeria. Journal of Economics and Finance, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 77-84, fev. 2014.

PENNA, C. M.; TROMPIERI NETO, N. Renda do trabalho, renda das transferências e desigualdade: uma nova proposta de investigação empírica da Curva de Kuznets para o Ceará. Fortaleza: IPECE, 2009. (Texto Para Discussão, 66.).

PİRİM, Zafer, OWINGS, Leslie S. KAPLAN. The long-term impact of educational and health spending on unemployment rates. European Journal of Economic and Political Studies, [S. l.], v. 7, p. 49-69, 2014.

RAM, R. Causality between Income and government expenditure: a broad international perspective, Public Finance, [S. l.], v. 3, p. 393-13, 1986.

ROCHA, F.; GIUBERT, A. C. Composição do gasto público e crescimento econômico: uma avaliação macroeconômica da qualidade dos gastos dos Estados brasileiros. Econ. Aplic., São Paulo, v. 11, n. 4, p. 463-485, out./dez. 2007.

RODRIGUES, R. V.; TEIXEIRA, E. C. Gasto púbico e crescimento econômico no Brasil: uma análise comparativa dos gastos das esferas do governo. Revista Brasileira de Economia, [S. l.], v. 64, n. 4, p. 423-438, 2010.

SANT’ANNA, J. M. B. Efeito do gasto público sobre o PIB: um teste empírico nos Municípios do Estado do Espírito Santo. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças, Vitória: FUCAPE, 2006.

SANTOS, R. C. L. O efeito do gasto público sobre o PIB dos municípios cearenses. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza: UFC, 2008.

SILVA, L. M. C. A relação entre os gastos públicos e o crescimento econômico: uma análise para os municípios paraibanos no período 2000-2008. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa: UFPB, 2012.

SOLOW, R. A contribution to the theory of economic growth. Quarterly Journal of Economics, [S. l.], v. 70, n. 1, p. 65-94, 1956.

SRINIVASAN, THIRUKODIKAVAL N. Neoclassical political economy, the state and economic development. Asian Development Review, v. 3, n. 2, p. 38-58, 1985.

SUMMERS, R.; HESTON, A. A new set of international comparisons of real product and price levels. Estimates for 130 countries. Review of Income and Wealth, [S. l.], v. 34, p. 1-25, 1988.

SUHRCKE, M.; VÖRK, A.; MAZZUCO, S. The economic consequences of ill-health in Estonia. Talín: World Health Organization, 2006.

TARDA, K. B.; RODRIGUES, R. V. A influência dos gastos em educação no crescimento econômico da região administrativa de campinas. ESTUDO & DEBATE, Lajeado, v. 22, n. 2, p. 7-31, 2015.

VENTELOU, Bruno; BRY, Xavier. The role of public spending in economic growth: envelopment methods. Journal of Policy Modeling, [S. l.], v. 28, n. 4, p. 403-413. 2006.

VOGT, M.; DESENHART, L.; ZONATTO, V. C. da S. Relação entre o crescimento econômico e os gastos públicos em municípios da região Sudeste do Brasil. CONGRESSO ANPCONT, 9., 2015, Curitiba. Anais […]. Curitiba: ANPCONT, 2015. p. 1-19.

WINDMEIJER, F. A finite sample correction for the variance of linear efficient two-step GMM estimators. Journal of Econometrics, [S. l.], v. 126, n. 1, p. 25–51, 2005.

Downloads

Publicado

21.10.2021

Como Citar

TABOSA, F. J. S.; CASTELAR, P. U. C. Impacto dos Gastos Públicos com Educação e Saúde no Crescimento Econômico dos Estados Brasileiros. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 27, n. 2, 2021. DOI: 10.5020/2318-0722.2021.27.2.10040. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/10040. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos