Empreendedor Social: Entre a Educação Formal e Não Formal

Autores

  • Lucimar da Silva Itelvino UNINOVE
  • Priscila Rezende da Costa UNINOVE
  • Maria da Gloria Marcondes Gohn UNICAMP
  • Claudio Ramacciotti UNINOVE

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2018.6167

Resumo

O objetivo foi compreender o processo de formação do empreendedor social. Para a análise desse processo, fez-se necessário reconhecer os espaços e contextos da formação dos empreendedores, suas motivações sociais e suas trajetórias de liderança social, ou seja, os elementos presentes no desenvolvimento profissional e social dos indivíduos. A pesquisa assumiu caráter qualitativo e contemplou a análise de 59 histórias de vida de empreendedores sociais. Os resultados obtidos proporcionaram conclusões sobre a combinação de metodologias que integram e sistematizam conhecimentos teóricos e as possibilidades existentes de percepção do empreendedorismo nos diferentes espaços de formação “formal” e “não formal”.

Biografia do Autor

Lucimar da Silva Itelvino, UNINOVE

Atualmente é coordenadora do curso de Administração e Professora da Universidade Nove de Julho - UNINOVE (Campus Vila Maria) com pesquisas principalmente nos seguintes temas: ética, moral, Administrador, Cultura Organizacional e Empreendedorismo ( Social). Doutora em Educação ( 04/2015) , Mestrado em Educação - Universidade Nove de Julho (2005) - Mestrado em Administração - Universidade Guarulhos ( 2001 - Reconvalidado - MEC -publicado DOU - N°38 - SEÇÃO I, p. 12/14 - 26.02.2009) , Pós Graduação em Administração em Marketing ( 1992 - resolução 12/83) , graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Camilo Castelo Branco (1997) e graduação em Administração pela Universidade Camilo Castelo Branco (1994) .

Priscila Rezende da Costa, UNINOVE

Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo (FEA USP), 2012. Mestre em Administração pela Universidade de São Paulo (FEA RP USP), 2007. Graduada em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), 2005. Atualmente é professora titular da Universidade Nove de Julho (UNINOVE), no Programa de Pós-graduação em Administração (PPGA). Coordena projeto de pesquisa financiado pelo CNPq (n° 471875/2014-7), intitulado Geração de Inovações para o Desenvolvimento Sustentável: Um Estudo com Empresas de Base Tecnológica de Economias Emergentes. Nos programas de Mestrado e Doutorado, leciona as disciplinas: Seminários de Dissertação, Fronteiras do Conhecimento em Metodologia da Pesquisa, Gestão e Internacionalização do Empreendedorismo Inovador e Tópicos Especiais em Inovação. Atua como editora científica da Revista de Administração e Inovação (RAI). É também avaliadora de periódicos na área de Administração, como: Revista de Gestão e Projetos, Exacta (Online), RAUSP, Revista de Administração, Contabilidade e Economia da FUNDACE (RACEF), Future Studies Research Journal, Internext, Gestão & Regionalidade e Desenvolvimento em Questão. Participa dos seguintes grupos de pesquisa: Gestão e Modelos da Inovação (UNINOVE), Estratégia de Inovação (UNINOVE), Inovação e Sustentabilidade (UNINOVE), Núcleo de Política e Gestão Tecnológica da USP e do Núcleo de Pesquisas em Inovação, Gestão Empreendedora e Competitividade da USP. Tem experiência na área de Administração e seus principais temas de pesquisa são: cooperação empresa-universidade, capacidades dinâmicas, capacidade relacional, capacidade absortiva e internacionalização da inovação.

Maria da Gloria Marcondes Gohn, UNICAMP

Possui graduação em Sociologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1970), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1979), doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1983) e Pos Dutorado pela New School University, N.York.(1997). Bolsista I A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), foi bolsista da Fundação Rockfeller em Belágio, Itália (2000) e da UNESCO em Santiago do Chile (1989). Professor titular da Fac. Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).Profa visitante da Universidade de Madri (2010), e da Universidade de Córdoba/Argentina (2010). É membro do board de coordenação do Comite "Social Movements and Social Classes" da Associação Internacional de Sociologia (ISA).Parecerista ad hoc da avaliação de periódicos - SciELO,é parecerista do CNPq, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Foi membro do Corresponding editors - International Journal Of Urban And Regional Research. Membro de comitê acadêmico do CNPq, área Sociologia (2007-2010), e membro do Comitê do Programa Editorial do CNPq (2011). Em 2010 teve sua autobiografia selecionada e incluída no DESSA-Dictionary of Eminents Social Sciences Scientists, da Fundação Mattei Dogan, Paris. Tem experiência na área de Sociologia, Educação e Políticas Sociais atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais, participação social, educação não-formal, associativismo e cidadania.Publicou 18 livros de autoria individual e inúmeros capítulos em coletâneas. Dentre seus livros destacam-se "Teorias dos Movimentos Sociais (Loyola, 2012, 10a ed); "Historia dos Movimentos e Lutas Sociais" (Loyola, 2013, 8a ed.), "Novas Teorias dos Movimentos Sociais" (Loyola, 2014, 5a ed),Movimentos Sociais e Redes de Mobilizações Civis no Brasil Contemporâneo" (Vozes, 2013, 7a ed) e "Movimentos Sociais e Educação" (Cortez, 2012, 8a ed); e Sociologia dos Movimentos Sociais (Cortez, 2014, 2a ed); Manifestações de Junho de 2013 no Brasil e Praças dos Indignados no mundo (Vozes, 2014).

Claudio Ramacciotti, UNINOVE

Atualmente exerce a função de pro-reitoria de campus na Universidade Nove de Julho em São Paulo. É Doutor em Administração de Empresas pela EAESP FGV (2007), mestre em Administração pela UMESP SP (2003), especialista em Sistemas de Informações na Gestão de Negócios UNINOVE (2000), especialista em Marketing pela ESPM SP (1998) e graduado em Administração de Empresas pela USF (1985). Atuou na área de marketing por mais de dez anos. Na área acadêmica ocupou cargos de Diretor do Departamento de Ciências Gerenciais e coordenador de curso de Administração. Suas pesquisas acadêmicas têm se concentrado em estratégia empresarial, ética empresarial, sustentabilidade das organizações e metodologia de estudos em administração. Participa da comissão de especialistas de ensino como avaliador ad hoc do INEP/MEC de cursos de graduação e tecnologia.

Downloads

Publicado

11.04.2019

Como Citar

ITELVINO, L. da S.; COSTA, P. R. da; GOHN, M. da G. M.; RAMACCIOTTI, C. Empreendedor Social: Entre a Educação Formal e Não Formal. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 24, n. 3, 2019. DOI: 10.5020/2318-0722.2018.6167. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/6167. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos