O capital social dos gestores de organizações não governamentais

Autores

  • Marciano Bruch Faculdade de Tecnologia La Salle - Estrela (RS)
  • Derli Luís Angnes Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2018.5778

Resumo

O presente estudo tem como principal objetivo mensurar o capital social dos gestores das unidades de uma organização de voluntariado. Para tanto, desenvolveu-se uma survey com 30 gestores de unidades da Parceiros Voluntários no estado do Rio Grande do Sul. Na análise dos dados, foram utilizadas técnicas estatísticas, como análise descritiva e análise fatorial. Os resultados apontam que os gestores das unidades possuem um alto capital social, principalmente nas Dimensões de Confiança e de Relacionamento. O estudo contribui na compreensão de como ONGs podem aperfeiçoar suas operações e alcançar melhores resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marciano Bruch, Faculdade de Tecnologia La Salle - Estrela (RS)

Graduação em Administração com Habilitação em Análise de Sistemas pelo Centro Universitário UNIVATES (2008). MBa em Gestão Empresarial pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC (2009) e Mestre em Administração pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC (2013). Atualmente atua como Professor Universitário e Coordenador dos Cursos Tecnólogos em Processos Gerenciais e Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade de Tecnologia La Salle Estrela. Tem experiência na área de Administração, com Ênfase em Gestão Empresarial.

Derli Luís Angnes, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Derli Luís Angnes é Mestre em Administração pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). MBA em Planejamento e Gestão Estratégica. MBA em Gestão de Pessoas. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional. Especialista em Gestão e Organização da Escola. É Bacharel em Administração. Bacharelando em Ciências Contábeis. Tecnólogo em Administração de Pequenas e Médias Empresas e Tecnólogo em Gestão de Marketing. Além disso, Técnico em Agropecuária e possui uma ampla qualificação profissional nas áreas de Eletricidade, Eletrônica, Mecânica, Automação Industrial e Gestão, totalizando aproximadamente 4.105 horas em cursos realizados em sua maioria no SENAI. Foi docente titular do Curso de Aprendizagem Industrial em Eletrônica (1.200h) e do Curso de Aprendizagem Industrial em Assistente Administrativo (800h) no SENAI de Santa Cruz do Sul (RS) de 1999 a 2012. Possui experiência técnica, de gestão e no desenvolvimento e na capacitação de pessoas.Também possui experiência no ensino superior, como professor em disciplinas de administração. Também é autor de dois livros e de artigos científicos em administração e gestão. Além de revisor técnico de revistas científicas em administração.

Downloads

Publicado

13.04.2018

Como Citar

BRUCH, M.; ANGNES, D. L. O capital social dos gestores de organizações não governamentais. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 24, n. 1, 2018. DOI: 10.5020/2318-0722.2018.5778. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/5778. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos