Aprendizagem organizacional e teoria neoinstitucional à luz da escola comportamental de negócios internacionais

Autores

  • Jefferson Marlon Monticelli Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Silvio Luís de Vasconcellos Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Ivan Lapuente Garrido Universidade do Vale do Rio dos Si
  • Cyntia Villasboas Calixto Fundação Getúlio Vargas (EAESP)

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.23.2.308-321

Resumo

Este estudo tem por objetivo apresentar as características da aprendizagem organizacional e da teoria neoinstitucional aplicadas à abordagem comportamental de negócios internacionais. Assim, este estudo visa contribuir ao integrar, de maneira singular, o papel das instituições na internacionalização das empresas sob a perspectiva comportamental. Para tanto, buscou-se desenvolver os principais conceitos que abordam os modelos de negócios internacionais sob tal perspectiva e que enfatizam o papel do aprendizado e do conhecimento para o êxito da internacionalização da firma. O estudo complementou essa visão ao acrescentar os trabalhos que utilizam o enfoque institucional no modelo de Uppsala, propiciando uma contribuição na revisão da perspectiva comportamental ao integrá-la aos conceitos de aprendizagem organizacional e de contexto institucional.

Biografia do Autor

Jefferson Marlon Monticelli, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutorando em Administração (Unisinos, 2014/18), áreas de pesquisa Competitividade e Relações Interorganizacionais. Possui Mestrado em Administração de Empresas (Unisinos, 2013), MBA em Controladoria pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos, 2009), MBA em Finanças Empresariais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV, 2006) e Bacharelado em Administração de Empresas com Habilitação em Comércio Exterior pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos, 2004). Foi gestor em uma instituição financeira multinacional por oito anos. Atualmente é Diretor Administrativo da Doctor Service, empresa especializada em prestação de serviços médicos estruturados. Tem experiência na área de Administração de Empresas, Finanças Empresariais, Finanças Pessoais, Estratégia Empresarial e Empreendedorismo. É professor de graduação e pós-graduação de disciplinas relacionadas aos temas: Estratégia, Empreendedorismo, Criatividade, Negócios Internacionais e Finanças Empresarias. Desenvolveu estudos sobre mudanças organizacionais e culturais e Teoria dos Jogos. As últimas pesquisas foram desenvolvidas nas áreas de internacionalização de empresas, abordagem co-evolucionária, empreendedorismo e negócios familiares, Teoria Neo-Institucional nos países emergentes e coopetição.

Silvio Luís de Vasconcellos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutor (2016) e Mestre (2012) em Administração, possui graduação em Administração - Habilitação em Comércio Exterior pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1985). É licenciado para docência na Educação Profissional de nível médio, pela FEEVALE (2009). É professor licenciado em graduação e pós-graduação em Administração da Faculdade IENH. Em 2013, foi professor na Universidade Potiguar, atuando no polo Porto Alegre e Canoas, na UniRitter - Rede Laureate International. Doutorado sanduíche na Florida International University, Miami, EUA (2014-2015). Em 2016 iniciou programa Pós-Doc na Universidade do Vale do Itajaí, SC. É professor convidado de pós graduação na UniRitter, nas disciplinas de Negócios Internacionais e Logística Internacional.

Ivan Lapuente Garrido, Universidade do Vale do Rio dos Si

Pós-Doutorado (ênfase em Negócios Internacionais) na Florida International University (FIU) (2014), Doutor em Administração (ênfase em Marketing) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2007), Mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUCRJ (2001),Especialista em Marketing pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (1995), Graduado em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (1986). Professor dos Programa de Pós-Graduação em Administração (Mestrado e Doutorado) e do Mestrado Profissional em Direito da Empresa e dos Negócios na Universidade do Vale do Rio dos Sinos ? UNISINOS e do P, nas áreas de Marketing e Negócios Internacionais. Atuou como executivo em empresas como Esso Brasileira de Petróleo, Cia de Cigarros Souza Cruz e AMBEV.

Cyntia Villasboas Calixto, Fundação Getúlio Vargas (EAESP)

Doutoranda em Estratégia Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP) com período de estudos na Judge Business School, Universidade de Cambridge. Mestre em Administração na pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Possui pós-graduação em Relações Internacionais pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (2009). É graduada em Administração - Habilitação: Comércio Exterior pela Unisinos (2007). Tem experiência nas áreas de Administração de Empresas e Relações Internacionais, com ênfase em Comércio Internacional.

Downloads

Publicado

26.06.2017

Como Citar

MONTICELLI, J. M.; DE VASCONCELLOS, S. L.; GARRIDO, I. L.; CALIXTO, C. V. Aprendizagem organizacional e teoria neoinstitucional à luz da escola comportamental de negócios internacionais. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 308–321, 2017. DOI: 10.5020/2318-0722.23.2.308-321. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/4597. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos