A administração participativa – uma experiência vivenciada no comitê da Bacia

Autores

  • Francisco Correia Oliveira Universidade de Fortaleza-Unifor
  • Pedro José Castelo Universidade de Fortaleza-Unifor

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.13.3.%25p

Resumo

A administração participativa é uma ferramenta posta à disposição de administradores públicos ou privados a qual, quando bem utilizada, fornece os elementos necessários ao atendimento dos objetivos organizacionais. O Comitê da Bacia Hidrográfica do Curu, no Ceará, foi pioneiro na utilização deste instrumento gerencial, substituindo práticas antigas burocratizadas dos órgãos de recursos hídricos. A pesquisa está relacionada com a teoria da administração, conceituando a gestão participativa e examinando as questões legais para sua implementação, uma vez que esse tipo de gestão conta com o aparelho estatal que determinou a Política Nacional dos Recursos Hídricos. O objetivo foi estudar uma experiência pioneira de gestão participativa como modelo de administração na gestão de recursos hídricos, reunindo todos os usuários em um comitê de bacia descentralizado, sem a governamental para dirimir os conflitos pelo uso de recurso escasso. O trabalho é essencialmente uma pesquisa de campo com questionários e entrevistas aos membros do Comitê. O novo modelo de gestão vem sendo aplicado, proporcionando resultados melhores que os modelos anteriores, e indica ainda que um dos problemas de água no semi-árido é essencialmente um problema gerencial.

Biografia do Autor

Francisco Correia Oliveira, Universidade de Fortaleza-Unifor

Professor titular da Universidade de Fortaleza. Dr.em Administração de Empresas

Pedro José Castelo, Universidade de Fortaleza-Unifor

Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de

Downloads

Publicado

11.08.2010

Como Citar

OLIVEIRA, F. C.; CASTELO, P. J. A administração participativa – uma experiência vivenciada no comitê da Bacia. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 13, n. 3, 2010. DOI: 10.5020/2318-0722.13.3.%p. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/398. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos