Análise da decomposição da desigualdade de renda no Estado do Ceará

Autores

  • Gabriel Alves de Sampaio Morais Universidade Federal do Ceará - UFC
  • Jair Andrade Araujo Universidade Federal do Ceará - UFC
  • Denise Moreira Araújo de Santana SEFAZ-CE

Resumo

Os governos, a partir das políticas de desenvolvimento, buscam aumentar o bem-estar da população. Dentre os vários objetivos, o combate à desigualdade de renda constitui uma prioridade. O presente artigo objetiva analisar a contribuição das diferentes parcelas do rendimento domiciliar per capita no estado do Ceará, entre 2004 e 2012, para identificar quais foram aquelas que mais contribuíram para a redução da desigualdade nos últimos anos. Os resultados permitem concluir que ocorreu uma redução da desigualdade de renda no estado, passando de 0,5708 em 2004 para 0,5203 em 2012. A análise da desigualdade conclui, ainda, que o efeito-concentração é predominante, ou seja, a diminuição da concentração de cada parcela de renda foi o principal fator para a redução da desigualdade. DOI: 10.5020/2318-0722.2014.v20n2p692

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15.05.2015

Como Citar

MORAIS, G. A. de S.; ARAUJO, J. A.; SANTANA, D. M. A. de. Análise da decomposição da desigualdade de renda no Estado do Ceará. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 20, n. 2, 2015. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/3662. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos