Configurações e reconfigurações do espaço residencial entre os anos de 2001 e 2012

Autores

  • Laura Pacheco Trevisan
  • Marcela Bortotti Favero
  • Olga Maria Coutinho Pepece
  • Francisco Giovanni David Vieira

Resumo

Este trabalho teve como objetivo geral a compreensão, por meio da análise de anúncios de imóveis, da relação entre o tipo de apartamento oferecido ao mercado de consumidores finais nos anos de 2001 a 2012 e os fatores micro e macroambientais que influenciaram esse tipo de oferta. O estudo foi realizado por meio de pesquisa documental. Como principal resultado, observou-se a mudança de ênfase da propaganda de imóveis, que inicialmente era dada para a localização e segurança, com apelo principalmente racional, e no final do período estudado se concentrava em diferenciações e inovações dos prédios, utilizando apelo emocional. Notaramse, também, algumas mudanças na composição das plantas dos apartamentos, relacionadas às alterações no comportamento da sociedade, como a quantidade de garagens, o tamanho da vaga e a ausência do quarto de empregada. DOI: 10.5020/2318-0722.2014.v20n1p41

Downloads

Publicado

09.01.2015

Como Citar

TREVISAN, L. P.; FAVERO, M. B.; COUTINHO PEPECE, O. M.; DAVID VIEIRA, F. G. Configurações e reconfigurações do espaço residencial entre os anos de 2001 e 2012. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 20, n. 1, 2015. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/3401. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos