Aglomeração de pequenas e médias empresas como ambiente propício à melhoria

Autores

  • Mateus C. Gerolamo Universidade de São Paulo
  • Edwin Cardoza Universidade de São Paulo
  • Flávio Vicari Universidade de São Paulo
  • Luiz C. Ribeiro Carpinetti Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.11.1.%25p

Resumo

Estudos destacam que a concentração geográfica de Pequenas e Médias Empresas (PME’s) de uma determinada atividade econômica pode trazer vantagens competitivas para o setor e as empresas, desenvolvendo a economia industrial e social do local. Entretanto, uma dificuldade nesse novo sistema de produção é definir as ações conjuntas que consigam melhorar o desempenho das PME’s do cluster. Assim, o objetivo do trabalho é identificar os principais fatores do Arranjo Produtivo Local (APL) do setor de confecção de bordados de Ibitinga-SP, que possibilitam ou dificultam a melhoria de desempenho das PME’s que compõem o aglomerado. A pesquisa de campo realizada é de caráter exploratório/descritivo; foram utilizadas as técnicas de observação participante e entrevistas semi-estruturadas. No estudo, percebe-se que ações de melhoria podem ser implantadas para ampliar o mercado, aumentar o desempenho e obter ganhos de competitividade para todo o cluster.

Biografia do Autor

Mateus C. Gerolamo, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo - Escola de Engenharia de São Carlos.

Edwin Cardoza, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo - Escola de Engenharia de São Carlos.

Flávio Vicari, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo - Escola de Engenharia de São Carlos.

Luiz C. Ribeiro Carpinetti, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo - Escola de Engenharia de São Carlos.

Downloads

Como Citar

GEROLAMO, M. C.; CARDOZA, E.; VICARI, F.; CARPINETTI, L. C. R. Aglomeração de pequenas e médias empresas como ambiente propício à melhoria. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 11, n. 1, 2009. DOI: 10.5020/2318-0722.11.1.%p. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/306. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos