Métodos para avaliações econômicas sob condições de risco

Autores

  • Vinicius Amorim Sobreiro Escola de Engenharia de São Carlos – USP
  • Mariana Rodrigues de Almeida Escola de Engenharia de São Carlos – USP
  • Wilson Kendy Tachibana Escola de Engenharia de São Carlos – USP
  • Daisy A. N Rebelatto Escola de Engenharia de São Carlos – USP

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.13.2.%25p

Resumo

Os métodos econômicos tradicionais não têm como realizar avaliações dos investimentos com precisão, pois existem várias limitações nos procedimentos matemáticos. Assim, devido à complexidade da estrutura de mercado, as avaliações dos investimentos precisam considerar as situações de riscos, pois expor o patrimônio de uma organização é uma tarefa muito árdua para ser executada. Para isso, o objetivo deste artigo é corroborar as taxionomias da literatura para análise de investimento, expondo a aplicação das técnicas CAPM, APT e VAR em um projeto financiado por capital próprio e de terceiros. O método de pesquisa utilizado foi respaldo por meio de um embasamento teórico que remete aos conceitos básicos dos métodos econômicos tradicionais e, em seguida, realizou-se um estudo de caso para implementar os métodos na prática. Com base nessa avaliação, os resultados obtidos por meio dessa pesquisa têm como subsidiar as tomadas de decisões dos gestores no âmbito organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Amorim Sobreiro, Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Mariana Rodrigues de Almeida, Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Escola de Engenharia de São Carlos

Wilson Kendy Tachibana, Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Daisy A. N Rebelatto, Escola de Engenharia de São Carlos – USP

Escola Engenharia de São Carlos – USP

Downloads

Como Citar

SOBREIRO, V. A.; ALMEIDA, M. R. de; TACHIBANA, W. K.; REBELATTO, D. A. N. Métodos para avaliações econômicas sob condições de risco. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 13, n. 2, 2009. DOI: 10.5020/2318-0722.13.2.%p. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/271. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos