O papel do território como estratégia de desenvolvimento de regiões rurais

Autores

  • Rogério Ribeiro Jorge Universidade de Fortaleza

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.14.2.%25p

Resumo

Este texto tem por objetivo discutir estratégias territoriais para o desenvolvimento de regiões rurais, com base nas recentes experiências francesas em torno do ordenamento do território, cuja forma mais bem acabada são os parques naturais regionais. O recorte utilizado contempla uma análise comparativa desses arranjos territoriais franceses, encabeçados pelo Parque Natural Regional do Luberon, no sudoeste da França, e pela primeira experiência brasileira: o Parque Natural Regional do Pantanal, no estado do Mato Grosso do Sul. Apesar das muitas contrariedades que vêm sendo enfrentadas para a consolidação do parque pantaneiro, vislumbra-se a abordagem territorial como uma nova forma de mobilização dos atores sociais para a construção de um projeto local de desenvolvimento sustentável.

Biografia do Autor

Rogério Ribeiro Jorge, Universidade de Fortaleza

Mestrado em Economia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil Mestrado em Ciência Ambiental. Universidade de São Paulo, USP, Sao Paulo, Brasil

Downloads

Como Citar

JORGE, R. R. O papel do território como estratégia de desenvolvimento de regiões rurais. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 14, n. 2, 2009. DOI: 10.5020/2318-0722.14.2.%p. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/214. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos