Compras 4.0: Um Estudo de Caso Múltiplo da Indústria 4.0 no Processo de Compras Industriais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2022.28.e11779

Palavras-chave:

Indústria 4.0, Compras 4.0, Segmento metal mecânico, Segmento elétrico.

Resumo

Na quarta era industrial a produção foi conectada e se tornou inteligente. Assim, as formas que muitas atividades industriais ocorrem estão passando por uma nova transformação. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é analisar como os componentes e princípios da indústria 4.0 podem estar presentes nos processos de compras de um segmento de empresas brasileiro. Para tal, participaram do estudo as quatro empresas de maior faturamento filiadas ao Sindicato das Empresas Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e região (SIMECS). Optou-se pelo desenvolvimento de uma pesquisa de natureza aplicada, com abordagem qualitativa e objetivos exploratório-descritivos, delineados através de um estudo de múltiplos casos. Realizou-se entrevistas semiestruturadas, observação direta e pesquisa documental para coleta e análise dos dados. Os resultados encontrados a partir da análise permitiram o desenvolvimento do esquema conceitual proposto, um fluxograma funcional de atividades, que identificou interações possíveis entre componentes e, sobretudo, princípios da indústria 4.0 com as atividades do setor de compras. Nelas, se evidenciou a possibilidade real de automatizar processos através da adoção de uma visão com foco nos princípios da indústria 4.0 para parametrização de elementos, sem a necessidade de investimentos vultuosos. Desse modo, foram apresentadas oportunidades de melhoria em processos, ferramentas, registros e ações por meio do aprofundamento da aplicação desse conceito, denominado Compras 4.0.

Biografia do Autor

Guilherme Sirtori, Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). Especialista de Compras da Marcopolo S.A.

Lucas Tartarotti, Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Caxias do Sul (PPGA/UCS). Mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). Bolsista de Pesquisa do PROSUC – CAPES.

Fabiano Larentis, Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Atua na Universidade de Caxias de Sul (UCS) como Sub-reitor do Campus Universitário da Região dos Vinhedos, como Professor na Graduação nos cursos de Administração e Comércio Internacional e como Integrante do Corpo Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA UCS), no mestrado e no doutorado.

Referências

ANG, J. H. et al. Energy Efficient Through Life Smart Design, Manufacturing and Operation of Ships in an Industry 4.0 Environment. Energies, [S.l.], p. 610, 2017.

BIENHAUS F., HADDUD A. Procurement 4.0: factors influencing the digitalisation of procurement and supply chains. Business Process Management, [S.l.], p. 965-984, 2018.

BOZARTH, C. B.; HANDFIELD, R. B. Introduction to Operations and Supply Chain Management. 4. ed. São Paulo: Editora Pearson Education do Brasil, 2015. 504p.

CAÑAS, H. et al. Implementing Industry 4.0 principles. Computers & Industrial Engineering, [S.l.], v. 158, 2021.

CHIANG, W. C. Development of a lean non-adjusting setup system: Case study of Aluminum rims production. Taiwan: Universidade Cristã Chung Yuan, 2016.

COHEN, Y. et al. Assembly system configuration through Industry 4.0 principles: the expected change in the actual paradigms. IFAC-PapersOnLine, [S.l.], v. 50, n. 1, p. 14958–14963, 2017.

EUROPEAN PARLIAMENT. Industry 4.0: Digitalisation for productivity and growth. 2015. Disponível em: Link. Acesso em: 11 mar. 2018.

FEDERAL MINISTRY OF EDUCATION AND RESEARCH OF GERMANY. The High Tech Strategy for Germany. 2006. Disponível em: Link. Acesso em: 11 mar. 2018.

FLICK, U. Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. 1. ed. Porto Alegre: Editora Penso, 2012. 256p.

GIL, A. C. Estudo de caso. 1. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009. 148p.

GIANNOZZI, P. et al. Advanced capabilities for materials modelling with Quantum ESPRESSO. Journal of Physics: Condensed Matter, v. 29, n. 46, 2017.

GOTTGE, S.; MENZEL, T. Purchasing 4.0: An Exploratory Multiple Case Study on the Purchasing Process Reshaped by Industry 4.0 in the Automotive Industry. Sweden: Linnaeus University, 2017.

HERMANN, M.; PENTEK, T.; OTTO, B. Design principles for industrie 4.0 scenarios: a literature review. IEEE Computer Society, [S.l.], p. 3928–3937, 2016.

JENSEN, M. C. The Modern Industrial Revolution, Exit, and the Failure of Internal Control Systems. The Journal of Finance, [S.l.], v. 48, n. 3, p. 831-880, 1993.

JESSON, J.; MATHESON, L.; LACEY, F. M. Doing your literature review: Traditional and systematic techniques. London: Sage, 2011.

KAGERMANN, H.; WAHLSTER, W.; HELBIG, J. Recommendations for implementing the strategic initiative industrie 4.0: Final report of the industrie 4.0 Working Group. Frankfurt: [S.n.] 2013.

KAGERMANN, H. et al. Industrie 4.0 in a Global Context: Strategies for Cooperating with International Partners. Munich: Herbert Utz Verlag, 2016.

KUO, L. Optimal Purchasing, Production and Delivery Lot-Size for Flexible Supply Network Rolling Scheduling. Taiwan: Universidade Católica de Fu Jen, 2017.

LEITÃO, P. et al. Smart Agents in Industrial Cyber-Physical Systems. Proceedings of the IEEE, [S.l.], p. 1086-1101, 2016.

MACAGNAN, C. B. (org.) et al. Compras: elementos para o jogo da negociação de produtos e serviços. Porto Alegre: Editora Entremeios, 2010.

MARCONI, M. D. A; LAKATOS, E. M. Metodologia Cientifica. 7. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2017.

MASCARENHAS, S. A. Metodologia científica. 1. ed. São Paulo: Editora Pearson Education do Brasil, 2012. 124p.

MINAYO, C. S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 34. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2015.

OECD. Documents: Meeting of the OECD Council at Ministerial Level. 2017. Disponível em: Link. Acesso em: 24 abr. 2018.

QIN, J.; LIU, Y.; GROSVENOR, R. A. Categorical framework of manufacturing for industry 4.0 and beyond. Procedia CIRP, [S.l.], v. 52, p. 173–178, 2016.

The Federal Government Germany. The new High-Tech Strategy Innovations for Germany. 2014. Disponível em: Link. Acesso em: 11 mar. 2018.

SCHUH, C. et al. The Purchasing Chessboard: 64 Methods RO Reduce Costs and Increase Value with Suppliers. New York. Springer Media, 2012.

SCHWAB K. The Fourth Industrial Revolution. [S.l.]: World Economic Forum, 2016.

SIMECS. Empresas do SIMECS: resultados económicos, 2017. Disponível em: Link. Acesso em: 24 abr. 2018.

WANG, S. et al. Implementing Smart Factory of Industrie 4.0: An Outlook. International Journal of Distributed Sensor Networks, [S.l.], p. 10, 2016.

YEVU S. K.; YU A. T. W. The ecosystem of drivers for electronic procurement adoption for construction project procurement. Engineering Construction and Architectural Management, [S.l.], p. 9969-9988, 2019.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Editora Bookman, 2015.

YIN, R. K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Editora Penso, 2016.

Downloads

Publicado

09.08.2022

Como Citar

SIRTORI, G.; TARTAROTTI, L.; LARENTIS, F. Compras 4.0: Um Estudo de Caso Múltiplo da Indústria 4.0 no Processo de Compras Industriais. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 28, p. e11779, 2022. DOI: 10.5020/2318-0722.2022.28.e11779. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rca/article/view/11779. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos