Qualidade do ar interno em ambientes hospitalares

Autores

  • Marina Eller Quadros

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de traçar uma revisão sobre a qualidade do ar em ambientes internos, dando ênfase aos hospitalares. Em unidades de saúde, a qualidade do ar pode exercer uma influência direta e de grande significância na velocidade de recuperação dos pacientes e na ocorrência de infecções hospitalares. Embora haja inúmeros contaminantes do ar, estes podem ser facilmente distinguíveis quanto à sua natureza, sendo classificados como sendo de natureza biológica e não-biológica. Similarmente ao que já vem se observando internacionalmente, a expectativa é de que, também no Brasil, ocorra um aumento no controle da qualidade do ar de ambientes internos, com a adoção de medidas mais rigorosas específicas para fontes de diferentes naturezas e a inclusão de um programa de medida e controle/abatimento desses contaminantes.

Downloads

Publicado

2016-06-13

Como Citar

Quadros, M. E. (2016). Qualidade do ar interno em ambientes hospitalares. Revista Tecnologia, 30(1), 38–52. Recuperado de https://ojs.unifor.br/tec/article/view/5275

Edição

Seção

Artigos