Contribuições aos estudos sobre a aplicação do Resíduo de Construção e Demolição (RCD) na composição de camadas de pavimentos no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180730.2022.12133

Resumo

O Brasil ainda detém uma política conservadora de gestão dos seus resíduos sólidos de construção e demolição, quando comparado a países com maior índice de desenvolvimento, fato evidenciado pelo baixo número de obras que utilizam material reaproveitado. O Resíduo de Construção e Demolição (RCD) possui possibilidade de reutilização, além de ser importante matéria-prima para produção de agregados reciclados, reduzindo, dessa forma, a exploração de jazidas de materiais naturai convencionalmente utilizados pela construção civil. Este artigo objetiva contribuir com estudos relacionados ao reaproveitamento de agregados reciclados de RCD com fins de aplicação na composição de camadas de pavimentos rodoviários. Compendia avanços e identifica direções para pesquisas em andamento, ao destacar estudos científicos que abrangeram problemáticas sobre o tema, análises laboratoriais e seus respectivos resultados, evidenciando o comportamento do material quando submetido a diversos parâmetros de caracterização. São destacadas algumas inadequações do material, a fim de que sejam minimizados os efeitos negativos do RCD mediante sua utilização.
Por fim, relata-se o estado da prática quanto à utilização do agregado reciclado de RCD na composição das camadas de pavimento, apresentando um estudo de caso de aplicação na cidade de Fortaleza. Diante do exposto, o RCD tem se apresentado como uma alternativa favorável quando levado em consideração seu potencial na produção de agregados, seu desempenho quando utilizado da maneira correta na composição de pavimentos rodoviários e sua importância na cadeia do reaproveitamento, a fim de reduzir impactos ambientais.

Biografia do Autor

Davi de Melo Vieira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE

Graduação em Tecnologia em Estradas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE (2016). Graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR (2017) Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Cruzeiro do Sul (2019).

Mayara da Silva Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestra em Tecnologia e gestão ambiental pelo Instituto Federal do Ceará - Campus Fortaleza (2020). Possui graduação em Tecnologia em Estradas pelo Instituto Federal do Ceará - Campus Fortaleza (2016). Técnica em edificações pelo SENAI do Ceará (2011). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Infra-Estrutura de Transportes, atuando principalmente no tema: resíduos da construção civil para aplicação em pavimentação. Foi professora do curso de agrimensura na Escola estadual de educação profissionalizante Darcy Ribeiro (2018). Pesquisadora na área de meio ambiente. Membro do grupo de pesquisa Geotecnia e Infraestrutura de Transportes do IFCE.

Juceline Batista dos Santos Bastos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

É professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia e doutora em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Ceará. Possui experiência em Engenharia Estrutural, principalmente em alvenaria estrutural. Hoje, atua na área de Engenharia de Transportes, com ênfase em Infraestrutura de Transportes, desempenhando atividades nos seguintes temas: projeto, construção e monitoramento de pavimentos asfálticos; dosagem e caracterização mecânica de misturas asfálticas; análise e dimensionamento de pavimentos.

Teresa Raquel Lima Farias, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Professora do Departamento de Construção Civil do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (Campus Fortaleza). Engenheira Civil formada pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2006). Possui mestrado em Engenharia Civil com concentração em Recursos Hídricos (2008) e Doutorado em Engenharia Agrícola com concentração em Manejo e Conservação de Bacias Hidrográficas no Semiárido (2016), ambos pela Universidade Federal do Ceará, este último com período sanduíche na Universidade de Valladolid (Espanha). Atua nas áreas de Geotecnia e Hidrologia, concentrando estudos nos seguintes temas: estabilização e melhoramento de solos, erosão e transporte de sedimentos em áreas semiáridas, estradas não pavimentadas, hidrologia urbana, pavimentos permeáveis.

Referências

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10004: Resíduos sólidos - Classificação. Rio de Janeiro, 2004a.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15115: Agregados reciclados de resíduos sólidos da construção civil - Execução de camadas de pavimentação – Procedimentos. Rio de Janeiro, 2004b.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA RECICLAGEM DE RESÍDUOS DA CONTRUÇÃO CIVIL E DEMOLIÇÃO (ABRECON). Relatório Pesquisa Setorial 2014/2015. São Paulo, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS (ABRELPE). Panorama dos resíduos sólidos no Brasil – 2017. São Paulo, 2017.

BEJA, I. A. Agregado reciclado de construção e demolição com adição de aglomerantes hidráulicos como sub-base de pavimentos. Dissertação (Mestrado) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Transportes. São Paulo, 2014.

BRASILEIRO, L. L. Utilização de Agregados Reciclados Provenientes de RCD em Substituição ao Agregado Natural do Concreto Asfáltico. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Materiais). Programa de Pós-Graduação em Ciências dos Materiais, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2013.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE (CONAMA). Resolução nº 307, de 5 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 17 jul. 2002.

CORREIA, R. S. Estudo de viabilidade econômica para o uso de resíduos de construção e demolição em camadas de base e sub-base de pavimentos. 43f. Monografia (Graduação em Engenharia Civil). Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2014.

GÓMEZ, A.M. J. Comportamento Mecânico de um Agregado Reciclado a Partir de Resíduos de Construção e Demolição Submetido a Carregamentos Cíclicos. Tese de Doutorado, Publicação GTD-117/16, Departamento de Engenharia Civil, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 185 p. 2016.

GRUBBA, D. C. R. P. Estudo do comportamento mecânico de um agregado reciclado de concreto para utilização na construção rodoviária. Dissertação. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes e Área de Concentração em Infraestrutura de Transportes - Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, 2009.

LIMA, M. DA S. ; DOS SANTOS, T. C.; BASTOS, J. B. DOS S.; FARIAS, T. R. L. Análise Mecânica de Resíduos de Construção e Demolição por meio de ensaios empíricos e mecanísticos. Revista Conexões - Ciência e Tecnologia, v. 12, p. 29, 2018. doi.org/10.21439/conexoes.v12i1.1230

OLIVEIRA, M. E. D.; SALES, R. J. M.; OLIVEIRA, L. A. S.; CABRAL, A. E. B. Diagnóstico da geração e composição do RCD de Fortaleza/CE. Eng. Sanit. Ambient. [Online]. 2011, vol.16, n.3, pp. 219-224. Fortaleza, 2011.

PALACIO, C. H. Estabilização de solos com resíduos de construção e demolição reciclados (RCD-R) para fins rodoviários. Artigo (Graduação em Engenharia Civil). Brasília: Universidade Católica de Brasília, 2014.

RAO, A.; JHA, K. N.; MISRA, S. Use of aggregates from recycled construction and demolition waste in concrete. Resources, Conservation and Recycling. 2007.

SAMPAIO, L. L. Comportamento mecânico de Resíduos beneficiados da construção e demolição utilizados na fabricação de concreto e estabilização de solos. Dissertação (Pós-Graduação em Engenharia Civil). Recife: Universidade Católica de Pernambuco, 2013.

SILVA, C. A. R. Estudo do agregado reciclado de construção civil em misturas betuminosas para vias urbanas. Dissertação de Mestrado Profissionalizante em Geotecnia. Universidade Federal de Ouro Preto (MG), 2009a.

SILVA, B. T. A. Utilização de materiais alternativos para a construção de pavimentos urbanos na Região Metropolitana de Fortaleza. Dissertação (Mestrado) - Programa de Mestrado em Engenharia de Transportes. Universidade Federal do Ceará, 2009b.

SILVA, V. C.; LUCENA, A. E. F. L.; NETO, M. G. P.; COSTA, D. B. Aplicação de RCD oriundos de obras na UFCG em misturas asfálticas. In: 42° Reunião Anual de Pavimentação (RAPv), 2013.

VIDAL, A. S. Caracterização de concreto produzido com resíduos de construção e demolição para utilização em pavimentação permeável em ambiente urbano. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola Politécnica, Programa de Engenharia Urbana, Rio de Janeiro, 2014.

Downloads

Publicado

2022-09-02

Como Citar

Vieira, D. de M., Lima, M. da S., Bastos, J. B. dos S., & Farias, T. R. L. (2022). Contribuições aos estudos sobre a aplicação do Resíduo de Construção e Demolição (RCD) na composição de camadas de pavimentos no Brasil. Revista Tecnologia, 42(2), 14. https://doi.org/10.5020/23180730.2022.12133

Edição

Seção

Artigos