Relato de profissionais da saúde sobre tentativa de suicídio no município de Maracanaú, Ceará, Brasil

Autores

  • Izabel Cristina de Abreu
  • Denise de Lima Oliveira-Vilas Boas

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%25p

Resumo

A tentativa de suicídio deve ser investigada tanto em seus aspectos biológicos como na história de vida da pessoa e nos aspectos culturais. Ao longo dos tempos o comportamento suicida foi visto das mais variadas maneiras, dependendo do tempo histórico. Na atualidade existem vários estudos relacionados ao comportamento suicida, mas não se sabe ao certo se os indivíduos que tentam suicídio querem de fato morrer. Com base em uma pesquisa estatística realizada pela Defesa Social de Maracanaú, cidade metropolitana de Fortaleza - capital do Ceará, foi feita essa pesquisa qualitativa através de entrevista estruturada a fim de saber o que relatam os profissionais da saúde sobre o alto índice de suicídio e tentativa de suicídio nessa cidade. As entrevistas foram feitas com oito profissionais da saúde que tiveram contato com jovens que tentam suicídio nessa cidade. Os relatos dos profissionais de saúde foram analisados a partir dos referenciais teóricos da Análise do Comportamento sobre relato verbal, levando em consideração o fato de relato verbal ser comportamento verbal e, portanto, ser controlado pelas contingências de reforçamento, assim como qualquer outro comportamento operante. Nos resultados foi possível observar que todos os profissionais relacionaram as tentativas de suicídio a fatores socioeconômicos e afirmaram acreditar que os jovens não tinham a intenção de morrer, mas de receber reforço social, como afeto e atenção, ou de esquivar-se de situações aversivas. Diante das semelhanças nos relatos verbais dos profissionais de saúde foi levantada a hipótese de que as respostas dadas aos questionamentos estão sob o controle do que é reforçado pela comunidade verbal à qual eles pertencem. Palavras-chave: Relato Verbal. Tentativa de Suicídio. Análise de Contingências.

Biografia do Autor

Izabel Cristina de Abreu

Graduanda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR. Monitora da disciplina de Análise Experimental do Comportamento. Extensionista do Programa Interdisciplinar de Nutrição aos Transtornos Alimentares.

Denise de Lima Oliveira-Vilas Boas

Mestre em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento (PUC/SP). Especialista em Terapia Comportamental (USP/SP). Professora da Universidade de Fortaleza - UNIFOR, no curso de Psicologia. Psicóloga Clínica.

Publicado

2010-02-09

Como Citar

Cristina de Abreu, I., & Oliveira-Vilas Boas, D. de L. (2010). Relato de profissionais da saúde sobre tentativa de suicídio no município de Maracanaú, Ceará, Brasil. Revista De Humanidades, 22(1). https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%p

Edição

Seção

Artigos