Educação, trabalho e perspectivas para o Ensino Médio Integrado

Autores

  • Mônica Mota Tassigny

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%25p

Resumo

O artigo debate as perspectivas atuais do ensino médio para a classe trabalhadora. Tratou-se de pesquisa bibliográfica e documental, por meio da qual discutiu-se nova modalidade de ensino: O Ensino Médio Integrado. As mudanças tecnológicas acarretam alterações no processo de qualificação/desqualificação da força de trabalho. No âmbito da qualificação, surge uma flexibilização por agregação de novas tarefas (multi-habilitações) e um novo perfil de qualificação: a polivalência. Todavia, essa qualificação não é comum no mundo do trabalho. O trabalhador é educado ao mesmo tempo em que é socialmente excluído e economicamente explorado. Mas a proposta deste texto é a formação de um cidadão produtivo, tendo como base a integração do Ensino Médio à Educação Técnica de Nível Médio. Palavras-chave: Trabalho. Educação. Ensino Médio integrado.

Biografia do Autor

Mônica Mota Tassigny

Mônica Mota Tassigny é professora da Unifor, Doutora em Educação.

Publicado

2010-02-09

Como Citar

Tassigny, M. M. (2010). Educação, trabalho e perspectivas para o Ensino Médio Integrado. Revista De Humanidades, 22(1). https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%p

Edição

Seção

Artigos