Análise da sustentabilidade da geração de eletricidade do Ceará

Autores

  • André Ribeiro da Costa Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Elcid Rodrigues de Oliveira Filho Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Bruna de Oliveira Busson Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Bruno de Alencar Carneiro Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Cláudio Wagner Santos Lima Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Francisco Tarcísio G. de L. V. Neto Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • José Wilton Ferreira do Nascimento Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Marcello Anderson F.B. Lima Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Paulo Cesar Marques de Carvalho Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Pedro Antoine Meireles Marsylle Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Pedro Henrique Fonteles Dias Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Pedro Hericson Machado Araújo Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Ronier Mesquita Lopes Universidade Federal do Ceará (UFC).
  • Wallason Farias de Souza Universidade Federal do Ceará (UFC).

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180730.2018.6766

Resumo

A matriz elétrica cearense distingue-se da matriz elétrica brasileira por ser alicerçada, principalmente, em usinas eólicas e térmicas que fornecem, juntas, 99% da produção de eletricidade do estado. Em relação à demanda por eletricidade do Ceará, do ano de 1981 até 2015, houve um crescimento de cerca de 747%, com um crescimento médio de 21,34% ao ano. O presente artigo tem como objetivo analisar o comportamento de índices de sustentabilidade para o setor de geração de energia elétrica cearense. Para isso, os seguintes multicritérios de análise da sustentabilidade na matriz elétrica são considerados: emissão de gases de efeito estufa; área imobilizada; uso de recursos de combustível; uso de água; morbidade; confiabilidade da geração e eficiência energética. A proposta desenvolvida divide os pesos dos multicritérios no aspecto social e técnico (40%) e nos parâmetros ambientais (60%). No Ceará, dentro dos parâmetros ambientais, o índice referente ao consumo de água, devido à inconstância de chuvas, recebeu a maior ponderação de impactos na sustentabilidade (30%).

Biografia do Autor

André Ribeiro da Costa, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR (2009); graduação em Tecnólogo em Mecatrônica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2003) e curso técnico em Eletrotécnica pelo IFCE (1999). Pós-graduado em MBA em Gerenciamento de Projetos pela UNIFOR (2012) e MBA em Gestão de Negócios com Ênfase no Setor Elétrico pela UNIFOR (2014). Em 2009, obteve honra ao mérito de melhor aluno no curso de Engenharia Elétrica e classificado em 1º lugar por melhor rendimento acadêmico entre os concludentes do Centro de Ciências Tecnológicas na Universidade de Fortaleza, conquistando a Bolsa de Pós-graduação Yolanda Queiróz. Atualmente ocupa o cargo de Engenheiro Eletricista - Especialista da Companhia Energética do Ceará - COELCE (Empresa pertencente ao Grupo Europeu Enel) - na Área de Qualidade de Fornecimento e Informação Técnica, atuando nas análises das ocorrências imprevistas e programadas nos sistemas de transmissão e distribuição. É coordenador do sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001 e Gestão da Rotina (PDCA e SDCA) atuando fortemente na Gestão de Melhorias no setor elétrico. Atuou nas áreas de manutenção preventiva e preditiva, projetos, inspeção e obras em sistemas elétricos de distribuição.

Elcid Rodrigues de Oliveira Filho, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Engenheiro eletricista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), formação complementar de Green Belt (Six Sigma), Planejamento e Controle da Manutenção (PCM) e mestrando em engenharia elétrica na UFC. Áreas de estudo, pesquisa e trabalho: geração de energia elétrica pela conversão eólio-elétrica e fotovoltaica, eficiência energética, fontes renováveis de energia elétrica, projetos elétricos de baixa e média tensão, análise e gestão da manutenção. Apto a ministrar cursos na área de engenharia elétrica. Aluno de pós-graduação da UFC.

Bruna de Oliveira Busson, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Graduada em Engª. Mecânica. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Engenharia Mecânica

Bruno de Alencar Carneiro, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Graduado em Engenharia Mecânica Industrial pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) com período de intercâmbio em Hanyang University (Seul), participando como bolsista CAPES/CNPq no programa Ciência sem Fronteiras Coréia do Sul. Possui fluência em língua inglesa, experiências com monitoria no Departamento de Mecânica e Materiais, projeto de Iniciação Científica e Extensão acadêmica nas áreas de Energias Renováveis, Mecânica dos Fluidos, Projeto de Máquinas (utilizando softwares de CAD e CAE) e estudo de Cargas e Estruturas dentro da Engenharia Aeroespacial no desenvolvimento de veículos aéreos não-tripulados cargueiros rádio-controlados para a competição anual SAE BRASIL AERODESIGN. Possui ainda experiências profissionais de estágio em empresas multinacionais.

Cláudio Wagner Santos Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Mecatrônica industrial pelo Instituto Federal do Ceará - Reitoria(2015), graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará(2016) e especialização em Gestão Pública pela Faculdade Internacional Signorelli(2016). Atualmente é Assistente Administrativo da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Tem experiência na área de Engenharia de Energia, com ênfase em Fontes Renováveis de Energ

Francisco Tarcísio G. de L. V. Neto, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Engenharia Mecânica-Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (2010). Atualmente é Engenheiro Fiscal de Intervenções em Poços na Petrobrás.

José Wilton Ferreira do Nascimento, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Engenharia Ambiental pela Universidade de Fortaleza(2015), graduação em Engenharia de Produção pela Universidade de Fortaleza(2009) e especialização em Gestão de Projetos pelo Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da UECE(2011). Atualmente é Gerente de Planejamento da Quanta Consultoria Ltda, Coordenação de Planejamento da Quanta Consultoria Ltda e Coordenação Técnica e Administrativa da Quanta Consultoria Ltda. Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Engenharia do Produto.

Marcello Anderson F.B. Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Tecnologia em Eletromecânica pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (2007) e mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (2016). Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal do Ceará e doutorando do curso de Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará.

Paulo Cesar Marques de Carvalho, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (1989), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1992) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Paderborn, Alemanha (1997). Atualmente é professor associado do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Ceará. Tem atividades de ensino, pesquisa e extensão nos seguintes temas: geração fotovoltaica, geração eólica e biodigestores. Coordena o Laboratório de Energias Alternativas da UFC. Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq.

Pedro Antoine Meireles Marsylle, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Ceará (2011), pós-graduado em Engenharia e Segurança no Trabalho. Especialista em projetos de instalações industrias e prediais, consultoria em gestão de energia e eficiência energética. Atualmente presta consultoria em gestão e eficiência energética para rede de Supermercados Cometa, Grupo Tavares e pequenas construtoras.

Pedro Henrique Fonteles Dias, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Bacharel em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Ceará (UFC), aluno na segunda turma do Ceará do Mestrado Profissional em Segurança de Aviação e Aeronavegabilidade Continuada pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e aluno do mestrado acadêmico no Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica pela UFC, com ênfase em energia solar fotovoltaica. Aluno de pós-graduação da UFC.

Pedro Hericson Machado Araújo, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Graduado em Ciência da Computação pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE). Participou do Grupo de Pesquisa em Sistemas Embarcados do departamento de Telemática deste Instituto. Suas pesquisas se concentram na área de Sistemas Embarcados com a utilização do microcomputador Raspberry Pi e o microcontrolador PIC. Aluno de pós-graduação da UFC.

Ronier Mesquita Lopes, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Engenheiro de Segurança do Trabalho e Engenheiro Químico, com graduação pela Universidade Federal do Ceará , EM 2014. Durante a graduação, desenvolveu pesquisa de iniciação científica por três anos, sobre a catálise heterogênea na produção de biodiesel. Atua como professor temporário do governo do Estado do Ceará, nas Disciplinas de Física e Química. E como professor convidado no Escola Técnica de Maracanaú. Na industria, estagiou e trabalhou em laboratório de controle de qualidade, aplicando técnicas de análises fisico-químicas para obtenção de resultados que atestassem a qualidade do produto fabricadoAluno de pós-graduação da UFC.

Wallason Farias de Souza, Universidade Federal do Ceará (UFC).

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Ceará, com o projeto "Implicações socioambientais dos licenciamentos aplicados em empreendimentos de energia eólica no litoral do estado do Ceará - Brasil". Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (2016) com a dissertação Sensoriamento remoto e SIG aplicados à análise da evolução espaçotemporal da linha de costa do município de Icapuí, Ceará - Brasil. Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (2013). Também possui vínculos com as atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão do Laboratório de Geoprocessamento (UFC) e do Laboratório de Geoecologia da Paisagem e Planejamento Ambiental (UFC). Ênfase nos estudos em Geoprocessamento, Geomorfologia costeira, impactos socioambientais na zona costeira, Geoecologia da Paisagem e Educação Escolar Indígena Aluno de pós-graduação da UFC.

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

Costa, A. R. da, Filho, E. R. de O., Busson, B. de O., Carneiro, B. de A., Lima, C. W. S., Neto, F. T. G. de L. V., do Nascimento, J. W. F., Lima, M. A. F., Carvalho, P. C. M. de, Marsylle, P. A. M., Dias, P. H. F., Araújo, P. H. M., Lopes, R. M., & Souza, W. F. de. (2018). Análise da sustentabilidade da geração de eletricidade do Ceará. Revista Tecnologia, 39(1), 1–17. https://doi.org/10.5020/23180730.2018.6766

Edição

Seção

Artigos