Grupo com familiares de pacientes psiquiátricos

Autores

  • Vera Lucia Silvestre de Oliveira
  • Heleni S. Barreira de S. Pinto

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%25p

Resumo

Avaliar os aspectos envolvidos na funcionalidade do Grupo de Família, atividade desenvolvida por equipe multidisciplinar no contexto de uma unidade de internação de um hospital psiquiátrico público, constitui o objeto de estudo desta investigação, a qual foi subsidiada pelo eixo teórico proposto pela teoria de Enrique Pichon-Rivière, articulado à abordagem sistêmica da família. Para tanto, este estudo teve como objetivos avaliar o impacto do Grupo de Família, conhecer o significado deste para seus participantes e identificar a sua contribuição para a desmistificação da doença mental e para o processo de “desospitalização”. O estudo se embasa no método descritivo e explora aspectos qualitativos. Foram realizadas entrevistas estruturadas e semi-estruturadas com familiares de portadores de transtornos mentais. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo, cujos resultados demonstram a importância dessa intervenção para os sujeitos participantes do estudo. Destaca-se também a sua viabilidade, manifestada através dos significados que são atribuídos ao Grupo de Família: alívio de tensões, compreensão da doença, troca de experiência e desmistificação da doença mental. Os resultados apontam ainda para a melhora no relacionamento com os portadores de transtornos mentais e no manejo dos próprios transtornos, além de mudanças de atitudes e de concepções referentes à doença mental. Palavras-chave: Grupo de Família. Grupo Operativo. Equipe Multidisciplinar. Desospitalização.

Biografia do Autor

Vera Lucia Silvestre de Oliveira

Assistente Social da Secretária da Saúde do Estado do Ceará.

Heleni S. Barreira de S. Pinto

Psicóloga. Mestre em Saúde Mental em Saúde Pública. Profa. da Universidade de Fortaleza.

Publicado

2010-02-09

Como Citar

Silvestre de Oliveira, V. L., & de S. Pinto, H. S. B. (2010). Grupo com familiares de pacientes psiquiátricos. Revista De Humanidades, 22(1). https://doi.org/10.5020/23180714.2007.22.1.%p

Edição

Seção

Artigos