Produções dos mestrados profissionais em educação: o caso do Instituto Federal Sul-rio-grandense

Autores

  • Cristhianny Bento Barreiro

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.1.206-215

Palavras-chave:

Sistema Brasileiro de Pós-graduação. Educação. Mestrado Profissional. Produções. Identidade.

Resumo

Em 2009, com a publicação da Portaria 7 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a área de educação voltou seu olhar para os dois percursos formativos, acadêmico e profissional, no âmbito do Sistema Brasileiro de Pós-graduação. O tema da identidade e, portanto, das diferenças que envolvem os dois percursos estão bastante presentes desde então, já que não há uma clareza das distinções entre esses tipos de programas. Este trabalho apresenta a experiência do Mestrado Profissional em Educação e Tecnologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, a partir de sua aprovação, em 2011, com as questões que envolvem a criação de sua identidade até o seu funcionamento de mais de três anos, com foco especial no escopo e nas dificuldades que envolvem a produção nesse tipo de curso. O trabalho teve como objetivo analisar as possibilidades e limitações presentes em um curso que se intitula profissional. Para isso, apresenta-se uma breve descrição e análise do que vem sendo realizado pelos alunos concluintes do curso de mestrado profissional do Instituto Federal para, com isso, exemplificar qual(is) concepção(ões) de prática e profissionalização vem funcionando neste programa. Os resultados apontam que há uma diversidade de metodologias e contextos de pesquisa, a partir das quais se pode atingir o objetivo último de um mestrado profissional, a Produções dos mestrados profissionais em educação: o caso do Instituto Federal Sul-riograndense Rev. Humanidades, Fortaleza, v. 31, n. 1, p. 206-215, jan./jun. 2016 formação de pessoas em serviço, com a transformação de concepções e práticas que envolvem seu trabalho, seja de maneira direta ou indireta.

Downloads

Publicado

2016-05-23

Como Citar

Barreiro, C. B. (2016). Produções dos mestrados profissionais em educação: o caso do Instituto Federal Sul-rio-grandense. Revista De Humanidades, 31(1), 206–215. https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.1.206-215

Edição

Seção

Artigos