As práticas informais pedagogizantes liberais e seus ecos na contemporaneidade: o cinema como produtor da afasia das nossas forças políticas de resistência

Autores

  • Fábio de Godoy del Picchiai Zanon

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.79-93

Palavras-chave:

Educação. Cinema. Liberalismo. Reflexividade. Foucault.

Resumo

O objetivo geral do presente artigo consiste em tentar auscultar de que modo, em regimes liberais de governo, o cinema cumpre funções pedagógicas absolutamente fundamentais para o funcionamento da sociedade contemporânea, sobretudo por meio da criação e disseminação de ideais reguladores que, uma vez internalizados pelos espectadores, devem estruturar as relações que os sujeitos estabelecem consigo e com os outros.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Zanon, F. de G. del P. (2013). As práticas informais pedagogizantes liberais e seus ecos na contemporaneidade: o cinema como produtor da afasia das nossas forças políticas de resistência. Revista De Humanidades, 28(1), 79–93. https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.79-93