Condições afetivo\emocionais entre pacientes obesos e pacientes submetidos à cirurgia bariátrica

Autores

  • Cybele Ribeiro Espíndola

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.60-69

Palavras-chave:

Obesidade. Cirurgia bariátrica. Neuroticismo. Avaliação psicológica.

Resumo

A presente pesquisa visou constatar as condições afetivo-emocionais de pessoas submetidas à cirurgia bariátrica com pessoas com quadro de obesidade mórbida. A amostra foi constituída de 28 sujeitos, na faixa etária de 18 e 44 anos, distribuídas em dois grupos: Grupo A, constituído de 15 sujeitos operados, e Grupo B (Controle), composto por sujeitos obesos candidatos à cirurgia. Serão focalizados os resultados do emprego da Escala Fatorial de Neuroticismo (EFN). Os dados foram coletados e avaliados em conformidade com as recomendações da literatura científica. Foi utilizado para tratamento estatístico na análise comparativa dos dados o t-Teste para amostras independentes. O nível de significância escolhido foi p < 0.05. Os dados indicaram que os sujeitos do grupo de obesos apresentaram índices mais elevados em todas as subescalas do EFN: desajustamento psicossocial, vulnerabilidade, depressão e ansiedade. Destacando-que entre os obesos 46,7% dos sujeitos apresentaram algum nível de depressão, sendo 20% com depressão grave. Já a ansiedade mostrou-se elevada em 46,7%. Ressalta-se pois, a importância de uma criteriosa avaliação no pré-operatório assim como após a cirurgia bariátrica já que a cronicidade da doença realça a necessidade de monitoramento constante dos aspectos emocionais.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Espíndola, C. R. (2013). Condições afetivo\emocionais entre pacientes obesos e pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Revista De Humanidades, 28(1), 60–69. https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.60-69