Personagens em trânsito, espaços subjetivos e intertextos em “A cidade ilhada”, de Milton Hatoum

Autores

  • Aíla Maria Leite Sampaio

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.35-44

Palavras-chave:

Contos. Ficção. Intertextualidade. Personagens. Espaços.

Resumo

Este artigo analisa os contos do livro A cidade ilhada, do escritor amazonense Milton Hatoum, mostrando a intertextualidade homoautoral, já que ele se utiliza, nas narrativas, de personagens já criados em obras anteriores. Discute-se, também, o jogo verdade versus ficção, a subjetividade dos espaços que servem de cenários aos enredos e o ir-e-vir dos personagens, que parecem transitar o tempo todo entre o lugar de origem e o lugar das buscas intermitentes pelos objetivos e por eles mesmos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Sampaio, A. M. L. (2013). Personagens em trânsito, espaços subjetivos e intertextos em “A cidade ilhada”, de Milton Hatoum. Revista De Humanidades, 28(1), 35–44. https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.35-44