Apontamentos para uma filosofia de ensino da língua materna

Autores

  • José Carlos de Azeredo

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.9-22

Palavras-chave:

Língua. Ensino. Leitura.

Resumo

A maioria dos educadores compartilha a opinião de que o sucesso de qualquer projeto pedagógico depende essencialmente de que os estudantes sejam capazes de ler e escrever com razoável destreza. Esta competência deve ser cultivada ao longo de toda a vida escolar e pode ser contínua e eficientemente estendida por meio da reflexão sobre a natureza simbólica da linguagem e do debate sobre as relações entre a construção dos textos e seus objetivos comunicativos. O presente artigo ratifica este ponto de vista e ilustra uma abordagem do texto destinada a mostrar como a linguagem constrói a significação no diálogo.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Azeredo, J. C. de. (2013). Apontamentos para uma filosofia de ensino da língua materna. Revista De Humanidades, 28(1), 9–22. https://doi.org/10.5020/23180714.2013.28.1.9-22