Tecnologia, Organização do Trabalho e Custo Cognitivo: Ação Ergonômica em um Núcleo de Segurança da Informação

Autores

  • Wladimir Jatobá de Menezes Faculdade Maurício de Nassau - Natal (RN)

DOI:

https://doi.org/10.5020/23590777.16.2.117-131

Palavras-chave:

ergonomia cognitiva, organização do trabalho, custos cognitivos, segurança lógica.

Resumo

Este estudo pretende ilustrar em que medida os elementos da organização trabalho contribuem ou dificultam a execução das tarefas de monitoramento de fraudes dentro de um Núcleo de Segurança Lógica de uma instituição financeira. Como construto teórico o estudo teve como base a ergonomia cognitiva e a psicologia cognitiva. Como método utilizou-se a Análise Ergonômica da Atividade – AET. Participaram do estudo 24 sujeitos, todos comissionados, sendo predominantemente do sexo masculino, faixa etária entre 26 e 50 anos. Os sujeitos do estudo apresentaram reclamações quanto a desconfortos físicos relacionados à rotina de trabalho.

Downloads

Publicado

05.04.2017

Como Citar

de Menezes, W. J. (2017). Tecnologia, Organização do Trabalho e Custo Cognitivo: Ação Ergonômica em um Núcleo de Segurança da Informação. Revista Subjetividades, 16(2), 117–131. https://doi.org/10.5020/23590777.16.2.117-131

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa