Autolesões na Adolescência: Do Desamparo à Construção de uma Demanda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5020/23590777.rs.v22i2.e11820

Palavras-chave:

autolesão, adolescência, demanda, desejo, desamparo

Resumo

O presente trabalho foi construído a partir do estudo de um caso atendido durante a Especialização em Psiquiatria e Psicanálise com crianças e adolescentes no Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trata-se de um caso de uma adolescente de 13 anos que se autolesionava por meio de cortes em seu corpo. Tal prática, que consiste em autoinfligir cortes ou outros tipos de escarificações ao próprio corpo, vem crescendo na contemporaneidade, principalmente entre adolescentes. Visamos aqui, a partir do caso atendido, trazer aportes teóricos a respeito dessas questões através de uma revisão bibliográfica de autores que trabalham a autolesão na adolescência, pensada como recurso frente à angústia e ao desamparo do “adolescer”. No caso da paciente atendida, os cortes se relacionam a demandas insatisfeitas dirigidas principalmente a sua mãe, que, ao longo dos atendimentos, foram se desdobrando como um apelo ao Outro, por olhar e escuta. Hipotetizamos que o processo analítico possibilitou que a paciente passasse de uma demanda alienante ao Outro, através dos cortes, a uma demanda em nome próprio elaborada por ela pela via da palavra, onde se impõe uma marca do desejo que a implica subjetivamente.

Biografia do Autor

Rebeca Espinosa Cruz Amaral, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutoranda em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mestre em Teoria Psicanalítica pela UFRJ. Psicóloga pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Especialista em Psicanálise com crianças e adolescentes pela UFRJ.

Luciana Gageiro Coutinho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Professora Associada da Faculdade de Educação e do PPG em Psicologia da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Referências

Alberti, S. (2004). O adolescente e o outro. Zahar.

Araújo, J. F. B., Chatelard, D. S., Carvalho, I. S., & Viana, T. C. (2016). O corpo na dor: Automutilação, masoquismo e pulsão. Estilos da clínica, 21(2), 497-515. Link

Berlinck, M. T. (org.). (1999). Dor. Escuta.

Birman, J. (2003). Dor e sofrimento num mundo sem mediação. In Estados Gerais da Psicanálise, II Encontro Mundial, Rio de Janeiro, 1-7. Link

Birman, J. (2006). Tatuando o desamparo. In M. R. Cardoso (Org.), Adolescentes (pp. 25-43). Escuta.

Birman, J. (2012). O sujeito na contemporaneidade. Civilização Brasileira.

Costa, A. (2003). Tatuagem e marcas corporais. Casa do Psicólogo.

Costa, A., & Poli, M. C. (2006). Alguns fundamentos da entrevista na pesquisa em psicanálise. Pulsional: Revista de Psicanálise, 19(188), 14-21. Link

Costa, T. (2010). Psicanálise com crianças. Zahar.

Coutinho, L. G. (2006). Pensando sobre as especificidades da clínica psicanalítica com adolescentes. Latin American Journal of Fundamental Psychopathology On Line, 6(2), 44-55. Link

Dockhorn, C., Macedo, M., & Werlang, B. (2007). Desamparo e dor psíquica na escuta da psicanálise. Revista Barbarói, 27, 25-42. Link

Fonseca, P. H. N., Silva, A. C., Araújo, L. M. C., & Botti, N. C. L. (2018). Autolesão sem intenção suicida entre adolescentes. Arquivos Brasileiros de Psicologia, 70(3), 246-258. Link

Fortes, I., & Macedo, M. (2017). Automutilação na adolescência. Psicogente, 20(38), 353-367. DOI: 10.17081/psico.20.38.2556

Freud, S. (1996a). Três ensaios sobre a teoria da sexualidade. In J. Strachey (Org.), Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (Vol. 7, pp. 119-231). Imago. (Originalmente publicado em 1905)

Freud, S. (1996b). Além do Princípio do Prazer. In J. Strachey (Org.), Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (Vol. 18, pp. 17-72). Imago. (Originalmente publicado em 1920)

Freud, S. (1996c). Inibição, sintoma e ansiedade. In J. Strachey (Org.), Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (Vol. 20, pp. 81-173). Imago. (Originalmente publicado em 1926[1925])

Freud, S. (1996d). Conferência XXXIII: Feminilidade. In J. Strachey (Org.), Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (Vol. 22, pp. 113-134). Imago. (Originalmente publicado em 1933[1932])

Freud, S. (1996e). Projeto para uma psicologia cientifica. In J. Strachey (Org.), Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (Vol. 1, pp. 355-466). Imago. (Originalmente publicado em 1950[1895])

Lacan, J. (1995). O Seminário livro 4: A relação de objeto (1956-1957). Jorge Zahar.

Lacan, J. (1999). O Seminário livro 5: As formações do inconsciente (1957-1958). Jorge Zahar.

Lacan, J. (2005). O Seminário livro 10: A angústia (1962-1963). Jorge Zahar.

Lacan, J. (2016). O Seminário livro 6: O desejo e sua interpretação (1958-1959). Jorge Zahar.

Le Breton, D. (2010). Escarificações na adolescência: Uma abordagem antropológica. Horizontes Antropológicos, 16(33), 25-126. DOI: 10.1590/S0104-71832010000100003

Lesourd, S. (2004). A construção adolescente no laço social. Vozes.

Miller, J.-A. (1997). Lacan elucidado: Palestras no Brasil. Jorge Zahar.

Organização Mundial da Saúde [OMS] (2015). Relatório mundial sobre a prevenção da violência 2014. OMS. Link

Poli, M. C. (2005). Clínica da exclusão: A construção do fantasma e o sujeito adolescente. Casa do Psicólogo.

Poli, M. C. (2008). Escrevendo a psicanálise em uma prática de pesquisa. Estilos da Clínica, 13(25), 154-179. DOI: 10.11606/issn.1981-1624.v13i25p154-179

Rassial, J-J. (2000). O adolescente e o psicanalista. Companhia de Freud.

Saggese, E. (2015). Existe uma clínica específica com adolescentes? In E. Sagges & F. H. Oliveira (Orgs.), Juventude e saúde mental: A especificidade da clínica com adolescentes. Companhia de Freud.

Downloads

Publicado

09.08.2022

Como Citar

Amaral, R. E. C., & Coutinho, L. G. (2022). Autolesões na Adolescência: Do Desamparo à Construção de uma Demanda. Revista Subjetividades, 22(2), e11820. https://doi.org/10.5020/23590777.rs.v22i2.e11820

Edição

Seção

Relatos de Experiências